CRIANÇAS

Se segurando à infância - medo de crescer

Author

Passar da infância para a pré-adolescência é algo doloroso. Dá medo. Falei um pouco sobre isso no blog há um tempo.

Com filhos em idades próximas reforço a cada dia que cada um é um... Eles são diferentes e encaram os momentos de forma diferente também.

Enquanto um parece viver tenso com as descobertas desse período (do limite às brincadeiras na escola ao entendimento de quem é o Papai Noel... OMG!), o outro nem liga e vai vivendo.

Se segurando à infância - medo de crescer

A gente "sofre" por ver o tempo passar tão rápido e por eles deixarem de ser criança assim, num piscar de olhos. E sofre mais quando eles mostram insegurança ou decepção no olhar, indignação ou surpresa com alguma situação inesperada.

Não quero que eles se tornem kidults - adultos infantilizados, nem que tenham a síndrome de Peter Pan - que não queiram crescer, e meu esforço é para fortalecê-los diariamente e mostrar que tem muita coisa boa na vida além da infância.

Brincar é bom, mas você pode crescer e continuar brincando. Ser criança é bom, e você pode conservar algumas características ao longo da vida toda. 

Em geral, quando a gente cresce deixa de lado a inocência, encara a vida de forma mais dura, mas não precisa ser assim, pode ser tudo mais leve e sem medo de crescer e encarar o que está por vir.