OUTROS

7 curiosidades dos mercados da Alemanha

Author

Ir ao supermercado não tem muito mistério, né? Você entra, pega um carrinho de compras, vai enchendo ele com tudo que você quer, chega no caixa, paga e leva. Mas essa rotina pode não ser tão simples quando você estiver passando férias fora do Brasil. Já imaginou se é assim também, por exemplo, na Alemanha? Pois é, por lá as coisas são bem diferentes. Espia só:

1. Carrinhos ‘pagos’

Lá não tem esse negócio de sair pegando um carrinho. Eles ficam trancados, e você precisa depositar uma moeda (ou uma ficha, depende do mercado) na máquina para destravar um carrinho. Mas tudo bem, você não está alugando o carrinho. Aquela moeda ou ficha é devolvida assim que você devolver o carrinho ao lugar de onde pegou. Isso garante que ninguém vai sair levando carrinhos para casa.

2. Agilidade no caixa

O alemão é um povo prático. Não se espante se receber uns olhares estranhos do funcionário do caixa se você demorar a colocar as compras no carrinho ou se ficar contando o dinheiro por muito tempo. Eles querem agilidade do comprador.

3. Empacote você mesmo

Por aqui, isso também já virou costume. Na Alemanha sempre foi assim: nem sempre tem empacotador. A diferença é que lá nem o funcionário do caixa vai te dar uma mãozinha nisso. Ou seja: dê seu jeito.

4. Autoatendimento

Em alguns mercados, já existe a opção do autoatendimento. Ou seja, você mesmo passa os produtos pelo leitos de código de barras e paga com cartão. Ninguém faz nada por você.

5. Devolução de garrafas

Nos mercados alemães, você devolve garrafas PET e de vidro em máquinas automáticas. Você coloca as garrafas, aperta um botão e recebe um comprovante para ser ressarcido quando passar pelo caixa.

6. Leve suas sacolas

Mercados alemães não dão sacos plásticos de graça. Ou você compra lá mesmo ou leva suas próprias sacolas.

7. Caixa de ovos

Sabe aquela caixa de ovos que vem com uma dúzia? Na Alemanha, a caixa vem só com dez ovos. Maaaaas se você comprar meia caixa, fica com seis ovos. Vai entender...