Globo conecta Flávio Bolsonaro ao assassinato de Marielle Franco 

Globo conecta Flávio Bolsonaro ao assassinato de Marielle Franco 

Mais um ataque das Organizações Globo contra Jair Bolsonaro e/ou sua família. Dessa vez, associando indiretamente um dos filhos do presidente ao assassinato da vereadora Marielle Franco.

Flávio Bolsonaro empregou mãe e mulher do policial suspeito de ser líder de um grupo de extermínio que supostamente matou a vereadora.

Confira um trecho da reportagem do O Globo.

"O gabinete do senador eleito e ex-deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) empregou até novembro do ano passado a mãe e a mulher do capitão Adriano Magalhães da Nóbrega, tido pelo Ministério Público do Rio como o homem-forte do Escritório do Crime , organização suspeita do assassinato de Marielle Franco. 

O policial foi alvo de um mandado de prisão nesta terça-feira e ainda não foi encontrado pela polícia. Ele é acusado há mais de uma década por envolvimento em homicídios. Adriano e outro integrante da quadrilha foram homenageados por Flávio na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Adriano é amigo de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro e investigado sob suspeita de recolher parte dos salários de funcionários do político. Teria sido Queiroz – amigo também do presidente Jair Bolsonaro desde os anos 1980 – o responsável pelas indicações dos familiares de Adriano.”

Be the first to like it!

Comments

People also liked

Related stories
1.Taiwan President Sounds Alarm About Chinese Aggression
2.How To Learn A Language At Lightning Speed
3.Huawei Unfazed By US Action
4.UK Lawmakers Slam Facebook For Privacy Violations 
5.Bernie Sanders To Run For President In 2020
6.If You Worry Too Much, Say ‘Pyt’ As The Danes Do
7.Footballer Sala’s Body Returned To Hometown For Funeral
8.Hotel Crews Being Trained To Spot Human Trafficking
9.Bill Cosby Says He Has No Regrets As Prisoner
10.Soccer Player Hakeem al-Araibi Freed From Thai Jail
500x500
500x500