MUNDO

Hillary Clinton e Spielberg vão adaptar livro sobre luta pelo voto feminino

Author

Ex-secretária de Estado e primeira-dama americana, Hillary Clinton assumirá um “cargo” fora da política. Ela será produtora executiva em uma parceria com a Amblin Television, do diretor Steven Spielberg, para adaptar o livro “The Woman's Hour: The Great Fight to Win the Vote”, de Elaine Weiss.

Hillary Clinton e Spielberg vão adaptar livro sobre luta pelo voto feminino

A publicação, que saiu do forno em março de 2018, conta a história de ativistas que passaram décadas lutando para que as mulheres tivessem direito de voto nos Estados Unidos. É um relato importante na história americana porque estabeleceu a fundação para o movimento pelos direitos civis, que veio mais tarde no país.

A Amblin adquiriu os direitos de adaptar o livro, mas ainda não decidiu se a história será contada em formato de filme para TV ou série limitada. Ainda não foi escolhida uma pessoa para assumir o posto de roteirista. O que se sabe, por enquanto, é que a Amblin vai fazer a produção e, em seguida, oferecer o programa para as TVs a cabo (como HBO) e por streaming (como Netflix) nos Estados Unidos.

Hillary Clinton será a produtora executiva ao lado dos co-presidentes da Amblin, Darryl Frank e Justin Falvey, e, claro, de Elaine Weiss, autora do livro. Espera-se que Hillary esteja envolvida ativamente na busca de roteirista e diretor, além de acompanhar o desenvolvimento do script.