FILMES

Mark Hamill se arrependeu de criticar roteiro de 'Os Últimos Jedi' em público

Author

Mark Hamill disse, para todo mundo ouvir, “ele não é o meu Luke Skywalker.” Era uma referência a como seu personagem foi mostrado em “Os Últimos Jedi”. Muita gente concordou, muita gente criticou e teve até fã pedindo que o filme, oitavo episódio da saga Star Wars, não seja considerado como parte integrante da franquia.

Mark Hamill se arrependeu de criticar roteiro de 'Os Últimos Jedi' em público

Agora, o ator volta atrás do que disse. Ou quase isso. Ele só desejaria não ter falado em público. Em um post recente no Twitter, Hamill disse isso com todas as letras. “Eu me arrependo de ter falado sobre minhas dúvidas e inseguranças em público. Diferenças criativas são um elemento comum em qualquer projeto, mas normalmente são mantidas em segredo. Tudo que eu queria era fazer um bom filme. Eu consegui mais do que isso - Rian Johnson fez um ÓTIMO filme”, postou em sua conta no Twitter.

As diferenças criativas de que Hamill fala são as que ele abordou em uma entrevista ao site IMDb. Na conversa, ele afirmou que “tive problemas para aceitar o que [Johnson] via para Luke, mas tenho que dizer que depois de ver o filme, eu estava errado. Acho que ser tirado de sua zona de conforto e bom porque se eu fosse só outro Jedi benevolente treinando jovens padawans, isso nós já vimos.”

Antes de começar a filmar, Hamill já tinha feito revelação parecida à Vanity Fair, quando relatou o que disse a Rian Johnson, diretor do filme. “Eu discordo fundamentalmente de todas escolhas que você faz para o personagem. Agora, depois de dizer isso, desabafei e meu trabalho agora é pegar o que você criou e fazer meu melhor para alcançar a sua visão.”