CELEBRIDADES

Médico de Michael Jackson diz que cantor foi castrado quimicamente pelo pai

Author

Michael Jackson foi castrado quimicamente quando criança. O procedimento teria sido feito por ordem de seu pai, Joe Jackson. Quem conta a história é Conrad Murray, que era o médico de Michael na época da morte do cantor. Ela também disse que Joe foi um dos piores pais da história.

Médico de Michael Jackson diz que cantor foi castrado quimicamente pelo pai

O médico, vale lembrar, foi condenado por homicídio culposo - sem intenção - a quatro anos de cadeia pela morte de Michael Jackson. Ele foi considerado culpado por dar um sedativo que foi o responsável pela parada cardíaca do cantor em 2009. Murray cumpriu dois anos e foi solto em liberdade condicional depois disso.

As declarações sobre o pai de Michael e a castração química faziam estavam em vídeos publicados pelo site de celebridades The Blast. Neles, Murray também afirma que Michael lhe contou sobre todo o sofrimento que passou nas mãos do pai quando era criança. “O fato dele ter sido castrado quimicamente para manter o agudo de sua voz é sem comentários”, disse o médico.

Não é a primeira vez que Conrad Murray dispara contra Joe Jackson. Em um livro publicado em 2016, o médico acusa o pai de forçar Michael Jackson a tomar injeções de hormônio com 12 anos para curar sua acne e fazer sua voz não mudar. Joe Jackson morreu recentemente, no dia 27 de junho de 2018, e o vídeo com as declarações de Murray veio à tona poucos dias depois, Não se sabe, porém, quando ele foi filmado.