MUNDO

Ninguém tem pena dos jovens funcionários de Trump que não conseguem namorar

Author

A gente sabe que namorar não está fácil. É duro encontrar alguém com quem a gente tenha coisas em comum e com quem seja possível conviver como casal. E, dependendo de suas crenças políticas, essa tarefa pode ser mais difícil ainda. Alguns jovens funcionários de Donald Trump estão descobrindo isso na marra…

Ninguém tem pena dos jovens funcionários de Trump que não conseguem namorar

O site americano Politico publicou uma reportagem em que dois jornalistas conversaram com mais de 30 millennials que são atuais ou ex-funcionários da equipe de Donald Trump na Casa Branca. Os jovens falaram sobre sua vida social em Washington D.C. e sobre como anda difícil encontrar alguém.

O texto mostra que apoiar e concordar com Donald Trump faz paqueras em potencial se afastarem. E não é só isso: são pouquíssimas pessoas que simpatizam com esse dilema. Quer ver?

A Politico escreveu que “uma oficial de administração de 31 anos descreveu extensivamente seus “muito, muito frequentes” problemas com seus “matches” nos apps de paquera. “Você bate aquele papo furado, e rola uma conversa legal, e então eles podem dizer ‘Você não votou no Trump, certo?’ Assim que digo ‘É claro que votei’, a coisa se transforma em ‘COMO VOCÊ PODE SER TÃO RACISTA E EXTREMISTA?’ e ‘Você vai tirar seu próprio anticoncepcional’”.

Difícil, né? E fica mais difícil ainda quando você vê que muitas pessoas que leram esse trecho do texto no Twitter reagiram com um bom e velho “bem feito”. Olha só o tipo de reação que a história causou:

“Pessoas em sites de paquera são *muito* melhores em julgar pessoas do que o governo Trump.”

“Eu não me importo, e você?”

“Perdoe-me, mas você curte ‘tolerância zero’?”

“Nunca vamos conseguir encontrar um violino pequeno o bastante para essa notícia.”

“Continuem com o ótimo trabalho, todos vocês.”