FUTEBOL

Rivalidade já começou: napolitanos vendem papel higiênico com a cara de Cristiano Ronaldo

Author
Rivalidade já começou: napolitanos vendem papel higiênico com a cara de Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo na Juventus. Nenhuma transferência no planeta do futebol foi mais importante do que esta no pós-Copa do Mundo. Eleito Melhor do Mundo nos últimos três anos, o atacante português deixou o Real Madrid, campeão das últimas três edições da Champions League, e mudou-se para a Itália. CR7 chega a Turim, e o clube já vende todo tipo de produtos licenciados com seu nome e número: camisas, shorts, bonés e por aí em diante.

Em Nápoles, porém, há um produto um tanto incomum sendo vendido com a cara de Cristiano na camisa da Juventus: papel higiênico. Sim, pelas ruas da cidade, é possível encontrar em barraquinhas de produtos não-oficiais rolos e mais rolos com a imagem do português.

Obviamente, não se trata de um elogio a Cristiano Ronaldo. Na cidade do Napoli, não são muitos os que suportam - nos dois sentidos - a Juventus. O papel higiênico, portanto, é uma forma de sugerir que o clube de Turim fez uma bobagem ao contratar CR7 e que será preciso, digamos, limpar algo.

Piada à parte, a Juventus já fatura com a contratação. Três dias depois de apresentar o português, o clube já vendeu todos carnês de ingressos para a temporada 2018-19, mesmo com um aumento de 30% (!!!) sobre o valor cobrado no período anterior. Só os bilhetes garantem 30 milhões de euros ao bolso do clube.