HOLLYWOOD

Rose McGowan se revoltou com o protesto silencioso planejado em Hollywood

Author

O ambiente em Hollywood mudou de vez. Com tanto casos de assédio sexual vindo à tona, a conversa sobre igualdade de gênero e a cultura do assédio e do estupro finalmente está acontecendo. A gente já sabia que apresentadoras e indicadas planejam um protesto silencioso durante o Globo de Ouro. Pois agora Rose McGowan criticou duramente o tal protesto.

Rose McGowan se revoltou com o protesto silencioso planejado em Hollywood

(Imagem via YouTube / CBS News)

Em sua conta no Twitter, a atriz, que alegou ter sido estuprada pelo produtor Harvey Weinstein, bateu pesado nas colegas de profissão. “Atrizes como Meryl Streep que trabalharam felizmente para o Porco Monstro [Weinstein] vão usar preto em um protesto silencioso no Globo de Ouro. SEU SILÊNCIO é O problema. Vocês aceitam um prêmio fake e não provocam mudança nenhuma. Desprezo sua hipocrisia. Talvez vocês todas devessem vestir Marchesa.”

Marchesa é a grife feminina fundada por Georgina Chapman, ex-esposa de Weinstein. O casal se separou este ano. McGowan apagou o tweet em seguida e admitiu que exagerou ao citar a marca. O recado, no entanto, foi dado. Para ela, quem silencia é cúmplice da cultura de assédio sexual em Hollywood.

Rose McGowan se revoltou com o protesto silencioso planejado em Hollywood

Enquanto isso, Meryl Streep, citada nominalmente por McGowan, divulgou um comunicado dizendo que “não fiquei em silêncio de propósito. Eu não sabia. Eu não aprovo estupro. Eu não sabia. Não gosto de ver mulheres jovens sendo violentadas. Não sabia que isso estava acontecendo.”