CURIOSIDADES

Rússia agora tem polêmico sorvete machista

Author

Como se não bastasse ser o bode expiatório do Hemisfério Ocidental para um punhado de questões geopolíticas, a Rússia volta a ser alvo de acusações de preconceito - neste caso, machismo declarado. O “mérito” é da sorveteria Tim&Tim, que lançou um sabor de sorvete apenas para homens.

Rússia agora tem polêmico sorvete machista

Chamado de “Fckn Kraken”, o sabor é, segundo a descrição da rede, “um sorvete negro, brutal e supermasculino”. Tão masculino que a venda para mulheres é proibida. Além disso, clientes homens precisam assinar uma espécie contrato afirmando serem pessoas do sexo masculino e inteiramente responsáveis pelas consequências do consumo do sorvete.

O sabor é uma mistura de chocolate amargo e uma alta concentração de rum (quase 5%). Embora a Tim&Tim diga que o “contrato” é uma brincadeira, já há muita gente insatisfeita com a postura da sorveteria. Uma cliente que foi proibida de comprar o sorvete já enviou uma queixa à Promotoria de Moscou - por lei, é proibido na Rússia vender algo a alguém por questões de gênero. 

Охта Молл&FCKN KRAKEN 🤓🤓🤓 #timandtimicecream #черноемороженое #blackicecream #fcknkraken #охтамолл

A photo posted by Мороженое Tim&Tim (@timandtimicecream) on

Resta saber o que vai acontecer na história. Por enquanto, a polêmica reina na Rússia.