MÚSICA

The Killers: você vai se emocionar com o recém-lançado clipe de 'Rut'

Author

“Don’t give up on me, cause I’m just in a rut.” A canção do álbum Wonderful Wonderful, da banda The Killers, já começa forte, com alguém querendo ajuda, pedindo que não desistam dela e admitindo que ela está numa “rut”, palavra que em inglês descreve o momento em que uma pessoa não consegue deixar de agir de certa maneira, mesmo sabendo que aquilo não lhe faz bem.

The Killers: você vai se emocionar com o recém-lançado clipe de 'Rut'

O recém-lançado clipe de Rut, dirigido por Danny Drysdale, casa perfeito com a música. Ele mostra vários estágios da vida de uma mulher sofrendo de depressão - da infância à vida adulta. A canção, vale lembrar, foi escrita pelo vocalista Brandon Flowers, que se inspirou em sua esposa, Tana Mundkowsky, que sofre transtorno de estresse pós-traumático (ou PTSD, na sigla em inglês) desde pequena.

PTSD é um distúrbio mental que normalmente se desenvolve em resposta a um evento traumático como violência sexual, guerra ou acidentes de trânsito. Daí o trecho da letra que diz “estou lhe entregando uma memória, espero que você entenda, que ela lhe lembre sempre de quem eu sou de verdade.”

Para a Song Exploder, Flowers disse que “a música é do ponto de vista da minha esposa e é da perspectiva dela. É sobre resiliência. É ela cantando para mim. É quase como uma submissão. É ela aceitando que 'estou encarando isso' “. E quem vê o clipe não consegue se emocionar com os versos finais “I’ll climb” e “don’t you give up on me”. Eu vou lutar, não desista de mim.