Mamonas Assassinas e meus primeiros peitos

MelindArt
Author MelindArt
Cultura Engraçada
Collection Cultura Engraçada
Mamonas Assassinas e meus primeiros peitos

Foto: Capa do Disco Mamonas Assassinas

Um dos momentos mais importantes na vida de uma pessoa é o dia em que ela vê seus primeiros peitos. Cada um possui sua própria história, seja boa ou não. A minha aconteceu de uma forma que acredito haver acontecido com muitos brasileiros.

Estava na casa de um tio, no auge dos meus 11 anos, eu sempre ia para lá, na verdade, a família inteira sempre ia. Na época ele usava uma vitrola e sempre ouvia Mamonas Assassinas, mas eu não entendia bem as letras.

Estávamos vivendo o auge da banda, mais precisamente 3 meses antes do fatídico acidente. Estávamos comemorando as festas de fim de ano, naquela semana onde você nunca sabe exatamente que dia é.

Embora eu sempre ouvisse as músicas da banda na casa dele, eu nunca havia visto a capa do disco ainda. Estávamos todos nos divertindo bastante, eu tinha um primo da minha idade que também estava na casa.

Enquanto o pessoal estava conversando, eu e meu primo estávamos ao lado da vitrola ouvindo Mamonas. Ficamos ouvindo um bom tempo, até que o disco acabou.

Meu tio tinha muito ciúme de seus discos e não deixava que a gente mexesse, porém, acredito que ele já estava bêbado e mandou eu colocar outro disco para tocar. Fiquei animado com a responsabilidade mas não esperava muito mais.

Fui retirando o disco com cuidado, e quando fui pegar a capa levei um susto. Primeiramente achei que eu havia pegado algo errado, mas depois percebi que era realmente a capa do disco.

Os fatídicos peitos olhavam para mim e eu os olhava de volta, eram os primeiros peitos que eu havia visto na vida. Vale lembrar que na época não existia internet e nem essa pornografia fácil que existe hoje.

Por um instante esqueci da existência de meu primo ao meu lado, voltei ao planeta quando ele exclamou alguma frase de admiração, mas eu estava anestesiado demais para conseguir entender.

Os peitos eram redondos e empinados, pareciam duas bolas de futebol. Sei que era um desenho apenas mas na época aquilo foi o momento mais marcante de minha vida.

Eu estava tão entretido com a estupenda imagem que esqueci completamente do mundo, e já que eu não troquei o disco, meu tio apareceu perguntando onde estava a música. Quando nos viu admirando a obra de arte ele caiu em risos, e disse que se estávamos assim pela capa, então morreríamos com uma Playboy.

Quando ele chegou fiquei completamente envergonhado, coloquei o disco no lugar novamente e fingi que nada acontecera. Na época eu não entendi, mas fiquei pensando no que ele quis dizer com aquilo.

De qualquer forma, eu estava tão perplexo com o que acontecera que nem percebi que disco ele colocou depois, nem em nada do que se passou naquele dia.

Depois daquilo, todas as vezes que íamos para a casa do meu tio eu procurava uma maneira de ir escondido observar mais uma vez os primeiros peitos de minha vida.

Be the first to like it!

Comments

avatar

People also liked

Related stories
1.The Surprising Truth Behind Opioid Addiction in America
2.Kit Harington and Emilia Clarke  
3.Being Vegan Might Be Ethical, but It Is Unhealthy
4.Nigel Farage and Mitch Feierstein Discuss Censorship by Twitter, Facebook, & Google
5.Keto Fast Food in 10 Questions
6.Why Banning Tommy Robinson from Facebook wasn't a Good Idea? 
7.Anti-Semitism, Ilhan Omar, and the U.S. Congress 
8.Body Painting Art
9.Does Jason Witten still have it?
10.Fastest moving balls in the history of the sport
500x500
500x500