ESPORTES

Ele era 772 do mundo e falido. Hoje, ganhou 65 mil dólares e enfrentará Federer.

Author

Ou "Por que você não deve desistir dos seus sonhos".

Ele era 772 do mundo e falido. Hoje, ganhou 65 mil dólares e enfrentará Federer.

Um jogador número 772 do ranking mundial tem chance praticamente nula de disputar Wimbledon. Ainda mais de ganhar um jogo e enfrentar o maior de todos os tempos na quadra mais importante do mundo. Mas este conto de fadas é real. Conheça Marcus Willis.

Aos 25 anos, Willis estava com o ranking bem baixo e enfrentando dificuldades financeiras para se manter no circuito. Ele havia faturado em 2016, até a semana passada, US$ 292. Sim, você recebeu mais grana que este cara no ano.

Não por acaso, Willis já estava desistindo de seguir como profissional e pretendia se mudar para a Filadélfia no começo do ano para ser treinador. Mas tudo mudou quando ele conheceu Jennifer Bate, que pediu para que ficasse no primeiro encontro deles. O tenista seguiu o conselho e perseverou.

Ele era 772 do mundo e falido. Hoje, ganhou 65 mil dólares e enfrentará Federer.

Abraçando a mamãe após a vitória.

A Federação Britânica de tênis realizou um torneio pré-qualifying para Wimbledon (traduzindo: é como se fosse uma pré-pré-Libertadores) só com tenistas da casa e Willis conseguiu a última vaga nesta chave. Ele venceu e assim entrou no qualifying de Wimbledon, disputado por jogadores que estão por volta de 150/200 do ranking. Ganhou as três partidas necessárias para entrar na chave principal do Slam.

Já era uma história incrível, e Willis virou perfil no New York Times no domingo. Mas ele foi ainda mais longe e venceu nesta segunda o lituano Ricardas Berankis, número 54 do mundo, por 3 sets a 0. Com o triunfo, ele garantiu uma premiação de 50 mil libras, aproximadamente 65.500 dólares. Como disse antes, ele vencera US$ 292 na temporada até o momento.

Ele era 772 do mundo e falido. Hoje, ganhou 65 mil dólares e enfrentará Federer.

E ainda melhora: Willis enfrentará na segunda rodada ninguém menos do que Roger Federer, considerado o maior tenista da história e recordista de títulos em Wimbledon. Claro que a chance de vitória do britânico é quase nula, mas ele terá a rara oportunidade de dividir a quadra com uma lenda, no maior templo do tênis. Até Andy Murray ficou empolgado com o rapaz:

"Ele é exatamente o tipo de história que o tênis precisa às vezes", disse Federer. Como de costume, Roger e Andy estão totalmente certos.

#wimbledon #tennis #marcuswillis #fairytale #federer #murray