ESPORTES

Ícone do tênis faz piada racista, assedia técnica, xinga jogadora e é expulso

Author
Ícone do tênis faz piada racista, assedia técnica, xinga jogadora e é expulso

Esta mulher chorando na imagem acima é a número 7 do ranking mundial de tênis, a britânica Johanna Konta. O registro simboliza o tamanho da lambança que o ícone do tênis Ilie Nastase fez durante o torneio Fed Cup (uma disputa entre nações do tênis feminino), no confronto entre Romênia e Grã-Bretanha, entre os dias 21 e 23 de abril, realizado na cidade de Constanta.

Em apenas três dias, Nastase fez uma piada racista envolvendo o bebê que Serena Williams está esperando, assediou a treinadora britânica, xingou a tenista Konta e foi expulso e suspenso pela Federação Internacional de Tênis. E ele não é só mais um cara de 70 anos: foi campeão de Roland Garros e do US Open e duas vezes vice-campeão de Wimbledon. Nastase está para a Romênia como Guga Kuerten está para o Brasil. Ele é um ídolo nacional e por isso é o capitão (treinador) da equipe romena na Fed Cup.

Tudo começou no sorteio dos jogos do confronto, na sexta-feira. Durante entrevista coletiva, Nastase comentou sobre a gravidez de Serena Williams: "Será que o filho dela vai ter qual cor? Chocolate com leite?"

PORQUE ELA É NEGRA E O PAI DO BEBÊ É BRANCO. PORQUE PESSOAS DE RAÇAS DIFERENTES TENDO FILHOS É ALGO TÃO BIZARRO, QUE MERECE PIADAS. NÃO? NÃO MESMO?

Não satisfeito com a piada de tiozão racista, no final do sorteio, ele se posicionou para tirar uma foto protocolar ao lado da capitã britânica, Anne Keovathong, e aproveitou que estava na frente de toda a imprensa para constrangê-la e perguntou o número do quarto em que ela estava hospedada.

Quando a imprensa britânica não deixou barato e publicou matérias sobre o comportamento inadequado de Nastase, ele xingou a jornalista Eleanor Crooks:

"Parece que o emprego de Nastase está na berlinda. Ele chegou na sala de imprensa e me chamou de estúpida várias vezes."

Os jogos começaram e a situação só piorou. Konta reclamou que a torcida estava sendo ofensiva e Nastase entrou na onda, xingando o árbitro, a capitã britânica e a jogadora. Ele chamou as mulheres de "fucking bitches". Isso mesmo, de vadias.

O árbitro decidiu expulsar Nastase da quadra e do complexo e o jogo foi suspenso, enquanto Konta chorava e tentava se recompor. Principal tenista romena, Simona Halep pediu no microfone que o público respeitasse as adversárias. A partida recomeçou e Konta acabou vencendo.

A Federação Internacional de Tênis confirmou que Nastase estava expulso de todo o confronto (incluindo dos jogos de domingo), mas o romeno teve sua entrada permitida pelos organizadores locais e ficou nos camarotes, até ser novamente expulso pelo órgão internacional.

A tenista romena Sorana Cirstea disse não ter visto nada de mais nos insultos, falando que era chamada de "cigana" em todo o mundo e nunca chorou ou parou um jogo por causa disso. Ela também deu a entender que houve um componente de racismo nas críticas dos britânicos contra os romenos.

É compreensível que Cirstea tenha receio de falar que as atitudes de Nastase não representam a Romênia, já que, como eu disse, o cara está para o país como Guga está para o Brasil, mas o fato é que ela colocou o patriotismo acima da sororidade.

Nastase continua suspenso de qualquer evento organizado pela Federação Internacional (incluindo Grand Slams), mas a ATP e a WTA, entidades que regem a maioria dos torneios do circuito, ainda não tomaram qualquer atitude contra o ídolo romeno.

PS: a Romênia acabou ganhando o confronto.