CIDADES

Inaugurações de estações em SP: o que abre esta semana e o que vem pela frente

Author
Inaugurações de estações em SP: o que abre esta semana e o que vem pela frente

Esta é a última semana de Geraldo Alckmin como governador de São Paulo, então várias estações do Metrô e da CPTM estão sendo inauguradas, mesmo sem estarem 100% completas. De qualquer forma, para uma população que tem aguentado anos e anos de atraso, qualquer nova estação é um alívio. Se você está perdido na evolução da malha na região metropolitana, vamos te explicar:

Linha 4 Amarela

A estação Oscar Freire (que fica no cruzamento com a Avenida Rebouças) foi inaugurada nesta quarta-feira (4), com operação somente entre 10h e 15h, tarifada. A parada deve entrar no horário normal depois de 15 dias. Somente o acesso para o lado dos Jardins está disponível. O do outro lado da Rebouças, mais perto do Sumaré, talvez só abra ano que vem (não é um grande problema, já que é preciso só atravessar a avenida).

O fim da "segunda fase" da Linha Amarela, com estações em construção no meio das que já estavam em funcionamento, é o fim de um tormento para os usuários da linha, já que muitas vezes a operação era paralisada nos domingos para obras. Agora que "só" restam as estações São Paulo-Morumbi (prevista para junho) e Vila Sônia (para 2019), que estão depois do terminal Butantã, esse problema acabou.

Linha 5 Lilás

A ligação do extremo sul com Moema, Ibirapuera e a região da Vila Mariana seria um grande triunfo de Alckmin, já que conecta diversas áreas do centro expandido, desafogando corredores de ônibus. Porém, a linha até agora só avançou até Moema, que será inaugurada nesta quinta (5).

Ainda faltam as estações Campo Belo (entre as já inauguradas Brooklin e Eucaliptos), AACD-Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz (ligação com a linha azul) e Chácara Klabin (ligação com a linha verde). Porém, sem a presença de Alckmin, este trecho, inicialmente previsto para maio, pode atrasar mais.

Linha 15 Prata

O monotrilho que ligará a Linha 2 Verde (Vila Prudente) ao extremo leste dará uma boa avançada nesta semana, após um longo período com só duas estações funcionando. As paradas São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói e Vila União serão inauguradas por Alckmin na sexta (6). Deve ser aberto ainda neste ano o trecho com as estações Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus. Ainda não há previsão para as últimas sete estações, com terminal em Cidade Tiradentes.

Linha 13 Jade

A famosa linha da CPTM que chega ao Aeroporto de Guarulhos foi aberta no último fim de semana sob críticas. A estação está a quase 2km do terminal menos movimentado, e o governo culpa a GRU Airport por não oferecer um transporte da estação da CPTM até todos os terminais.

Ainda neste semestre, deve entrar em funcionamento o trecho que vai direto ao metrô em Brás e Luz. Por enquanto, a ligação com a malha é em Engenheiro Goulart (Linha 12 Safira), com transferência para o metrô em Tatuapé ou Brás (Linha 3 Vermelha). Para quem mora perto da Linha Verde, por exemplo, são quatro baldeações, carregando malas.

Mesmo ainda pouco prática para passageiros, o fato é que a Linha Jade levou o transporte ferroviário para Guarulhos, segunda maior cidade do estado, pela primeira vez. O impacto já foi sentido no primeiro fim de semana de operação, com 55 mil passageiros, metade do previsto quando as ligações diretas com o metrô estiverem funcionando.

Agora é torcer para que Márcio França, governador iminente de São Paulo, também esteja disposto a aparecer em inaugurações.