GENTE

Jornada de trabalho de 5h por dia? Este chefe pôs em prática e deu certo.

Author
Jornada de trabalho de 5h por dia? Este chefe pôs em prática e deu certo.

Quem disse que é preciso deixar seus funcionários presos dentro da mesma sala por oito (nove, dez, onze...) horas por dia para fazer sua empresa crescer? O empreendedor norte-americano Stephan Aarstol apostou no inverso em sua companhia, chamada Tower, que vende pranchas de stand-up paddle. 

Após ver sua experiência ser bem-sucedida e o lucro da empresa aumentar em 40% em um ano, ele lançou um livro com o nome "The Five-Hour Workday: Live Differently, Unlock Productivity, and Find Happiness" (O Dia de Trabalho de Cinco Horas: Viva de Forma Diferente, Desbloqueie a Produtividade e Encontre a Felicidade). 

A primeira coisa que Aarstol decidiu foi que os funcionários tivessem participação nos lucros da empresa. Isso fez com que os salários não ficassem abaixo do mercado e que todos se sentissem mais motivados para ver o negócio crescer.

O próximo passo foi contratar pessoas que conseguissem ser extremamente focadas e produtivas durante as cinco horas de trabalho. Há quem se encaixe neste perfil e há quem prefira ter pequenas pausas durante o dia. O segundo grupo não daria certo em um esquema assim.

No dia a dia, era importante identificar todas as partes do dia de trabalho que são, digamos, inúteis. Tipo aquela reunião em que todo mundo fala, fala, fala e não decide nada. Ou aqueles procedimentos padrões que ninguém mais lembra por que existem, mas que viraram rotina. Não há tempo para perder com isso.

Mas, por acaso, se o funcionário estiver a fim de ficar mais tempo para terminar uma tarefa no mesmo dia, ao invés de ter que interromper e retornar a ela no dia seguinte, ele/ela pode. 

O mais interessante é que a Tower, apesar de vender produtos, não tem um SAC 24 horas. São cinco horas por dia mesmo. Mas isso fica muito claro no site e as pessoas simplesmente não entram em contato nos outros horários. Para isso funcionar, a página de FAQ (dúvidas) precisa ter todo tipo de informação e tutoriais para que o cliente possa resolver o seu problema sozinho, quando for um caso mais urgente. 

"Nós aprendemos que, até na nossa sociedade de gratificação instantânea, estar disponível o dia todo não é necessário. Você só precisa comunicar quando e como estará disponível", escreveu Aarstol. 

Talvez a gente deveria arranjar uma conversinha entre este cara e o nosso governo federal...

#work #trabalho #emprego #profissional #empresario #empreendedorismo