ESPORTES

Que tristeza! As baixas mais sentidas no Rio 2016 (até agora)

Author
Que tristeza! As baixas mais sentidas no Rio 2016 (até agora)

A gente não aguenta mais! Todo dia alguém que traria centenas de torcedores para a Olimpíada do Rio de Janeiro desiste da competição. Por inúmeros motivos (estou me recusando a colocar aqui os manés que usaram zika como desculpa), estrelas de diversos esportes deixaram os torcedores com gostinho de quero mais. E as bilheterias com mais ingressos disponíveis. Estas são as baixas mais sentidas do Rio 2016 até a tarde de 27 de julho (quarta):

Roger Federer

A temporada do suíço já não era muito promissora, por conta de lesões no joelho e nas costas, mas Federer surpreendeu a todos ao abrir mão de TODO O SEGUNDO SEMESTRE. Não foi só a Olimpíada, mas também o US Open e o ATP Finals (para o qual ele teria que suar muito para se classificar, na verdade). O joelho operado voltou a incomodar e ele optou por uma recuperação longa. Compreensível, com certeza. Mas a gente lamenta que as exibições em São Paulo em 2012 tenham sido a única chance dos fãs brasileiros de Federer verem o ex-número jogando no país.

Elena Isinbaeva

Maior controvérsia da Olimpíada até o momento, o banimento parcial da Rússia tirou a recordista mundial do salto com vara do Rio. Isinbaeva não era grande favorita para a prova, que atualmente está bem equilibrada, mas não podemos negar que ela é um ícone do esporte mundial. Ela chorou, disse que todo este problema foi uma invenção de países concorrentes da Rússia e meio que "amaldiçoou" os futuros vencedores.

Que tristeza! As baixas mais sentidas no Rio 2016 (até agora)

LeBron James

O atual campeão da NBA, pelo Cleveland Cavaliers, James declarou que prefere descansar e treinar adequadamente para a próxima temporada da NBA a tentar mais uma medalha de ouro. Quanta gente comprou ingressos do basquete achando que veria a lenda em quadra? Não vai rolar.

Stephen Curry

Maior revelação dos últimos anos do basquete, Curry e suas inacreditáveis bolas de três passarão longe das arenas cariocas. Ele enfrentou uma lesão no joelho na reta final da temporada da NBA e achou melhor aproveitar totalmente as férias e a pré-temporada para não ter problemas no futuro. Ok, fica para a próxima. :(

Tiago Splitter

Faz tempo que a gente sabe, mas continua sendo triste. Splitter passou por uma cirurgia no quadril direito em fevereiro e só deve voltar a jogar no fim do ano. Para continuar trabalhando neste intervalo, o jogador do Atlanta Hawks vai comentar basquete na Globo durante os Jogos.

Que tristeza! As baixas mais sentidas no Rio 2016 (até agora)

Anderson Varejão 

Esta foi recente (há horas) e não há como se conformar. Com uma hérnia de disco na lombar, o jogador do Golden State Warriors também não poderá representar o Brasil em casa. O time nacional continua forte, mas foi severamente enfraquecido.

César Cielo Filho

O esporte brasileiro ainda não se recuperou do tiro na cara. O nosso maior nadador de todos os tempos não se classificou na seletiva do Maria Lenk. A equipe brasileira segue com chance de medalha, inclusive no 4x100 livre, mas os torcedores brasileiros queriam ver Cielo lutando por mais um ouro.

Que tristeza! As baixas mais sentidas no Rio 2016 (até agora)

É triste, mas não vamos ficar de cabeça baixa. Ainda há muita gente sensacional confirmada nas Olimpíadas (Bolt! Phelps! Serena! Djokovic! Neymar! A seleção feminina de vôlei!) e eles serão capazes de realizar uma Olimpíada inesquecível.

#rio2016 #olympics #olimpiadas