GAMES

Como é a exposição A Era dos Games

Author
Como é a exposição A Era dos Games

No dia 16 de agosto foi aberta, no Pavilhão da Bienal do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, a exposição A Era dos Games. De origem inglesa, ela teve início no Barbican Centre em 2002 e já passou por 33 cidades de 25 países. Agora, na etapa Brasil, fica em São Paulo até o dia 12 de novembro. Depois, é a vez do Rio de Janeiro, que a recebe de 6 de dezembro a 5 de março.

Com 150 jogos disponíveis para jogar, A Era dos Games tem a premissa de permitir que os visitantes experimentem diversas eras dos jogos. Logo de cara, ao entrar na exposição, é possível jogar Pong, considerado o primeiro jogo de todos os tempos, e a experiência passa por outros títulos e consoles clássicos. De Atari e Space Invaders a Nintendo Switch e realidade virtual, A Era dos Games permite ter contato com jogos que você talvez não teria tão facilmente.

Como é a exposição A Era dos Games

(essa foto é de divulgação, não mostra a exposição em SP)

Mas quem espera que seja algum tipo de museu interativo pode acabar um pouco decepcionado. Apesar de contar com plaquinhas explicando cada sessão, console e jogo, não existe uma linearidade clara na exposição ou uma lógica nas categorias - por exemplo, há uma sessão dedicada a Pokémon e uma área de consoles piratas, mas não tem nada dedicado aos games de PC e os eSports praticamente passam batidos. A parte que mais tem cara de museu, a que mostra algumas artes conceituais de jogos, também poderia ter mais cuidado, com cópias em alta definição das artes ou exibindo imagens raras em vez de fotos de divulgação.

Também falta explicação: não dá para entender por que certos jogos foram escolhidos em detrimento de outros títulos mais importantes, pois as placas só falam dos controles e objetivos do jogo.

Ainda assim, a visita a A Era dos Games pode ser divertida: encare como um grande arcade, com títulos de todas as gerações dos games, que possibilitam conhecer novos títulos e ver pessoalmente consoles que você talvez não tenha tido a oportunidade de jogar. Cada sessão dura cerca de uma hora e meia, mas, sem filas, isso é mais que suficiente para dar uma boa olhada em tudo.

Eu estive lá no fim de semana e fiz um vídeo mostrando como é. Dá uma olhada:

É possível adquirir ingressos antecipadamente pelo site da exposição ou diretamente na Bienal.