Os perigos dos novos agrotóxicos liberados no Brasil

Os perigos dos novos agrotóxicos liberados no Brasil

aconteceu
Autor aconteceu
Opinião
Coleção Opinião
Os perigos dos novos agrotóxicos liberados no Brasil

Desde que tomou posse no dia 1º de janeiro, Jair Bolsonaro conseguiu tornar realidade algumas das medidas polêmicas que foram prometidas durante a campanha. Mas nem tudo que está acontecendo no novo governo parece ser de interesse público. 

Uma das principais alianças de Bolsonaro são os ruralistas, os proprietários de terras e empresários da agricultura e pecuária. Para mostrar serviço a estes aliados, que já tinham começado a fazer a festa dos agrotóxicos no Governo Temer, parece que mais do que nunca vai ser possível legalizar esses agentes químicos no nosso país — mesmo que eles tenham sido proibidos lá fora, onde por algum motivo o pente é mais fino.

Atualmente, os responsáveis pela aprovação são o Ibama, a Anvisa e a nova pasta do Ministério da Agricultura, sob direção da ministra Tereza Cristina. Juntos, os órgãos já liberaram mais de 70 novos agrotóxicos em pouco mais de dois meses de gestão.

Quais são os riscos dos agrotóxicos?

Não é à toa que o Instituto Nacional do Câncer (Inca) está entre os órgãos que se opõem aos avanços dos agrotóxicos no Brasil. Além de aumentar as chances desta doença, eles estão ligados a problemas hormonais e danos ao aparelho reprodutor.

O risco para a saúde não atinge somente quem vai comer os alimentos, mas também envolve a segurança de quem trabalha com os químicos e a preservação do ambiente em volta das áreas de cultivo.

A questão chegou às notícias nacionais por exemplo com as tentativas de alguns municípios brasileiros de proibir a pulverização aérea. Segundo relatório da Embrapa, mesmo em condições ideais, 19% dos agrotóxicos são dispersados para fora da área de aplicação.

Entre os tipos vetados no exterior mas comercializados no Brasil estão o Sulfoxaflor, o Fipronil e os neonicotinoides, que atacam o sistema nervoso dos insetos. Eles causaram mortes em massa de abelhas na Europa e nos Estados Unidos e acabaram sendo proibidos, mas são permitidos no Brasil e sua pulverização parece estar causando problemas semelhantes.

Os perigos dos novos agrotóxicos liberados no Brasil

Por que o Brasil está liberando tantos agrotóxicos?

Em 2017 e 2018 foram aprovados respectivamente 405 e 450 novos agrotóxicos, contra 277 em 2016 e 139 em 2015.

A agropecuária é a principal indústria de exportação brasileira e a demanda pela liberação está relacionada a uma das rivais na área: a China, que não só é ainda mais permissiva com os agrotóxicos mas também é a própria fabricante de grande parte dos produtos.

É claro que as mudanças políticas também colaboraram. A família Bolsonaro sempre fez pouco das questões ambientais, e o presidente chegou até a sugerir que retiraria o Brasil do Acordo de Paris, que trata do controle de poluentes.

As visões parecem fazem parte das várias similaridades com as opiniões de Donald Trump, que é um negacionista quando o assunto é aquecimento global. Segundo a perspectiva de Trump, os acordos internacionais e as regulações ambientais são formas de frear o desenvolvimento e a competitividade das economias.

As declarações dos filhos de Bolsonaro sobre o aquecimento global no Twitter até já chamaram a atenção da imprensa. Quando questionado diretamente a respeito, o presidente disse "acreditar na ciência", mostrando mais uma vez a separação que fica cada vez mais óbvia entre o Bolsonaro ideológico e o Bolsonaro institucional, que lida com as leis e faz declarações ao público.

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

Histórias relacionadas
1.OPINIÃO: 3,5 bilhões para reconstruir Notre-Dame, 1 bilhão passando fome
2.Cão nada até uma plataforma de petróleo a 220 km da costa, confira fotos
3.Quem é o novo ministro do Governo Bolsonaro  
4.Padre deseja a morte de quem não gosta de suas postagens e gera polêmica
5.“O PSL se parece cada vez mais com o PT”, afirma Janaína Paschoal
6.Dicas para a sua primeira viagem para a Europa
7.Filmes de Super-herói que superaram 1 bilhão de bilheteria
8.Ezequiel valoriza aproveitamento de 69,70% com o Fluminense e projeta sequência de clássicos e Sul-Americana 
9.O que podemos esperar da 8° temporada de Game Of Thrones?  
10.Presente em todos os jogos do Pelotas no Gaúcho, Germano completa 25 anos vivendo melhor momento como profissional e projeta sequência da carreira 
500x500
500x500