TECNOLOGIA

Dicas nada técnicas, mas importantes, para quem quer comprar um gadget novo

Author
Dicas nada técnicas, mas importantes, para quem quer comprar um gadget novo

Eu olho a foto acima e imediatamente penso: quero. Quero tudo. Inclusive quero o que não está aí. Mas comprar tudo, ou pelo menos comprar tudo impulsivamente, é um erro. Antes, confira algumas dicas nada técnicas para seguir antes de comprar um gadget:

1. Espera uns dias

Sério, o negócio acabou de sair. É aquele relógio-maçã maravilhoso, ele mede seus batimentos cardíacos, olha só! Ele manda mensagens fofinhas pro seu namorado (que não existe e ainda assim também teria que ter o relógio)! Ele vê suas mensagens do whatsapp (como se seu celular não estivesse na sua mão)! Incrível, né?

Não.

Senta, espera uns dias. O negócio acabou de ser lançado. Respira fundo. Primeiro que coisas recém lançadas costumam ser muito mais caras. Segundo que existem menos reviews e opiniões de usuários para você saber mais sobre o produto. E, por fim, às vezes a gente vai no hype, gasta dinheiro e nem quer a tal coisa. 

Calma, cara!

2. Checa se o negócio que você tá comprando nos States vai vender no Brasil também

Nada contra, mas se alguma coisa acontecer com o seu novo gadget gringo... tem assistência técnica no Brasil? Você consegue tranquilamente voltar para as terras estrangeiras e arrumar seu novo aparelho exclusivo? E pode ser uma coisa até relativamente simples: alguns aparelhos celulares que não vendem no Brasil também não têm assistência para troca da tela caso ela quebre por aqui - simplesmente porque as peças não existem nas terras tupiniquins.

3. Confira vídeos do youtube sobre o produto que você quer

De preferência vídeos "caseiros", não os da marca. É bom porque dá uma noção de como o negócio funciona quando ele é usado por gente como a gente. Como ficam as imagens daquela câmera, quão bonita é a interface daquele celular, quão fácil é de mexer naquele computador etc.

4. Confira o produto (e a marca) em sites como reclame aqui

Ah... não há fúria como a de um cliente maltratado! Olha mesmo, confira os reviews, mergulhe na raiva alheia, sinta-se a pessoa que foi desrespeitada. Ainda confia na marca? Acha que ela respondeu bem às reclamações? Viu que a maior parte dos clientes sai satisfeito? Então ok.

5. Vê se tem alguma data festiva ~top das promoções~ chegando

Vai que rola um descontinho?