MÚSICA

7 discos que definiram 2017

Author

Um disco em 2017 é uma declaração. Cada vez mais as listas de melhores músicas são mais importantes que a dos álbuns, uma vez que estamos muito mais propícios a pular de faixa e criar playlist na era dos serviços de streaming e smartphones. Porém, a arte do disco segue firme e este são os sete que definiram 2017:

Kendrick Lamar - DAMN.

7 discos que definiram 2017

O grande disco de 2017. Todo mundo já sabia que DAMN. era um clássico assim que foi lançado. Kendrick vem soltando ótimos álbuns, um atrás do outro, To Pimp a Butterfly, de 2015, e Good Kid, M.A.A.D City, de 2012, foram bem aclamados, mas com DAMN. o rapper atingiu um outro nível. Conseguiu botar sua música nas rádios do mundo inteiro sem perder a sua essência incendiária, que o está tornando uma das vozes mais importantes dessa geração.

SZA - Ctrl

7 discos que definiram 2017

Com cinco indicações ao Grammy, SZA é a mulher que mais aparece nas diferentes categorias da premiação este ano. E Ctrl quase não existiu. SZA estava desistindo da música em 2016, alegando problemas com ansiedade. No entanto, para a nossa felicidade, isso não aconteceu e ela escreveu um dos álbuns que definiram 2017. A cantora fez algo muito pessoal sobre amor e sexo, temas sempre muito relevantes, na era das redes sociais.

Lana del Rey - Lust for Life

7 discos que definiram 2017

A cada ano que passa, Lana del Rey se torna cada vez mais o coração, mente e estética dessa geração. Lust for Life chegou com músicas de títulos na medida, como por exemplo "Coachella - Woodstock In My Mind" e "God Bless America - And All The Beautiful Women In It". Lana, à sua maneira, está traçando uma das carreiras mais consistentes da década.

Migos - Culture

7 discos que definiram 2017

Com seu estilo único de fazer rap, o Migos é o grupo mais interessante do gênero hoje. Em seu segundo álbum, Culture, Quavo, Offset e Takeoff mostram que são um trio afinado e não apenas cada um jogando suas partes nas músicas e pronto. O disco os coloca em um novo patamar, que vai além de "fazedores de hits", como as contagiantes "Bad and Boujee" e "T-Shirt". Agora eles estão entre os nomes mais importantes do rap da década.

Calvin Harris - Funk Wav Bounces Vol. 1

7 discos que definiram 2017

A capa desse disco é a tradução perfeita do que é Funk Wav Bounces Vol. 1. A abertura do álbum, com o hit "Slide", já mostra exatamente o que Calvin Harris queria: músicas que traduzissem com precisão o sentimento gostoso de verão misturado com um pop e funk nostálgico. Um pôr do sol incrível com participações de Frank Ocean, Migos, Nicki Minaj, Young Thug, Pharrell, Katy Perry, Ariana Grande e um monte de outros nomes famosos.

Kelela - Take Me Apart

7 discos que definiram 2017

Take Me Apart é o disco de estreia de Kelela, de 34 anos, que apareceu em 2013 com mixtapes que renderam elogios de artistas do calibre de Solange Knowles e Björk. Um álbum adulto que sabe a direção para a qual caminha, principalmente em canções como "LMK" que parecem vindas de uma balada do futuro.

Khalid - American Teen

7 discos que definiram 2017

É estranho dizer que o disco de estreia mais interessante do ano tenha vindo de um moleque que ainda nem completou 20 anos? Khalid, nascido no dia 11 de fevereiro de 1998, surpreendeu a todos com o sucesso "Location", que não fica devendo nada ao melhor do soul americano dos anos 60. A melhor parte de American Teen é que esse é só o começo de uma carreira promissora.