MÚSICA

As 20 melhores músicas nacionais de 2017

Author
As 20 melhores músicas nacionais de 2017

(Divulgação)

O funk dominou as paradas brasileiras desse ano, mas o sertanejo continuou forte. Além disso, tivemos outras agradáveis surpresas que deixaram o ano de 2017 com música boa para todos os gostos. Essas foram as 20 melhores músicas nacionais de 2017:

20 - Nego do Borel feat. Maiara e Maraisa - Esqueci Como Namora

Cada vez mais se tornando o Eddie Murphy brasileiro, Nego do Borel usa todo os seus dons teatrais para nos entregar uma das músicas mais divertidas de 2017 ao lado de Maiara e Maraisa. O jogo entre o rapaz (Nego do Borel) que "não sabe mais ser caseiro" e a mulher (Maiara e Maraisa) querendo homem de respeito foi uma das melhores coisas do ano.

19 - MC G15 - Cara Bacana

G15 estourou no começo do ano com "Deu Onda", mas a sua melhor música veio só no meio de 2017. "Cara Bacana" mostrou que o funkeiro não era cantor de apenas um hit e ainda pode nos divertir em verões futuros.

18 - Livinho - Fazer Falta

Cada vez mais adepto do funk minimalista, MC Livinho chegou ao ápice dessa criação com "Fazer Falta". Com um vocal que parece mais e mais com o do ícone indie James Blake, o funkeiro entregou um dos grandes hits (e memes, com "se teu hobby é sentar, tá de parabéns") do ano.

17 - Turma do Pagode - Cobertor de Orelha

A Turma do Pagode é a prova de que o gênero continua bem vivo. Apesar de não dominar as paradas como nos anos 90, ainda temos música de qualidade, como "Cobertor de Orelha".

16 - MC Fioti - Joga o Bum Bum Tam Tam

"Joga o Bum Bum Tamtam" merecidamente foi um dos funks mais tocados de 2017. A "flauta envolvente que mexe com a mente" de MC Fioti realmente foi um dos maiores ícones do ano.

15 - Tim Bernardes - Tanto Faz

O disco solo do vocalista da banda O Terno, Tim Bernardes, foi um dos lançamentos mais despretensiosos do ano e acabou sendo considerado um dos melhores álbuns brasileiros dos últimos tempos. "Tanto Faz" mostra bem o motivo de tantos elogios, a música parece uma conversa íntima com o ouvinte. Queremos mais canções de amor assim.

14 - Henrique e Juliano - Vidinha de Balada

Difícil pensar em uma música que tocou mais em 2017 do que "Vidinha de Balada". Esquecendo a letra problemática, que diz "vai namorar comigo sim, se reclamar, cê vai casar também", temos um dos grandes refrões brasileiros dos últimos tempos.

13 - Nicks Vieira - Poxa Crush

O melhor reggae brasileiro de 2017, "Poxa Crush" apareceu como um meme, porém feito de material completamente original. A versão mais produzida de estúdio prova que Nicks Vieira é uma voz que sabe falar com os jovens de 2017, com versos como "As fotos do Instagram todas estou salvando".

12 - Major Lazer, Anitta e Pabllo Vittar - Sua Cara

Está cada vez mais difícil classificar Anitta como "artista nacional". Este ano a cantora lançou músicas em três línguas diferentes, participou do programa de Jimmy Fallon cantando com Iggy Azalea, fez clipe com J Balvin etc. Apesar de "Sua Cara" ser oficialmente do Major Lazer, as cantoras brasileiras Pabllo Vittar e a própria Anitta estão em maioria aqui e podemos considerá-la sim como um dos grandes hits nacionais do ano.

11 - Luan Santana - Acordando o Prédio

Luan Santana continuou sem limites em 2017. Atualmente envolvido em uma polêmica sobre o verso "deus fez a mulher de uma costela de Adão, quando foi fazer você, fez do filé mignon", da música "Check-In", o cantor fez o Brasil todo cantar "Acordando o prédio" este ano, uma grande canção sobre deixar a vizinhança inteira de cabelo em pé enquanto você e sua namorada ficam de gracinha.

10 - Vingadora - Ei, Tio!

Quem acha que a Vingadora é apenas "Paredão Metralhadora" está perdendo. Uma das bandas mais legais que fogem do eixo funk/sertanejo, eles não param de lançar músicas. "Ei, Tio!" foi uma das coisas mais deliciosas que apareceram neste ano.

9 - Wesley Safadão feat. Marília Mendonça - Ninguém é de Ferro

Os grandes nomes do sertanejo se uniram para fazer uma das canções mais divertidas do ano. Tanto Safadão, quanto Marília não estiveram tão em alta este ano, como em 2016, mas "Ninguém é de Ferro" fez com que eles não passassem batido.

8 - MC Pocahontas - Tô Tarada

Uma das melhores vozes do funk brasileiro, MC Pocahontas segue sendo injustiçada. "Tô Tarada" merecia ter sido tocada muito mais em 2017. Vamos aguardar que em 2018 justiça seja feita.

7 - Anitta - Paradinha

A música que lançou Anitta oficialmente em uma carreira internacional é absolutamente contagiante. A proeza da cantora foi tão grande que conseguiu colocar no topo uma canção que nós brasileiros sabíamos cantar apenas o refrão.

6 - Léo Santana - Vai Dar PT

Léo Santana apareceu como cantor do Parangolé cantando "Rebolation", mas o que ninguém imaginava é que em 2017 ele faria uma música ainda melhor. "Vai Dar PT" é simplesmente sensacional e merece ser tocada à exaustão neste verão.

5 - Simone e Simaria feat. Anitta - Loka

2017 não foi tão bom para o feminejo quanto 2016 tinha sido, mas pelo menos o começo do ano nos deixou "Loka", música que tocou no verão, outuno, inverno e primavera. A parceria das mulheres mais bem sucedidas do show business brasileiro atual não tinha como dar errado.

4 - Gusttavo Lima - Homem de Família

Apesar de ter sido lançada ainda em 2016, "Homem de Família" foi um dos grandes de 2017. "Troquei o bar agora é só sorveteria" virou meme e Gusttavo Lima pode se orgulhar de ter feito uma das canções sertanejas mais divertidas do ano.

3 - Belo - Você e Eu

Para nossa alegria, Belo resolveu abraçar de vez a sua veia romântica em 2017. "Você e Eu" é uma balada como há tempos não se ouvia. Se Belo é o novo Roberto Carlos, Fábio Jr ou Paulo Ricardo, não sabemos, mas ainda bem que o ex-cantor do Soweto encontrou a sua verdadeira vocação na música. 

2 - MC Kevinho - Olha a Explosão

Em um ano completamente dominado pelo funk, "Olha a Explosão" ter se destacado só mostra a força dessa música. Kevinho foi o grande nome do gênero este ano e 2018 já está ainda mais promissor. A recém-lançada "Rabiola" tem toda a cara de hit do verão.

1- Pabllo Vittar - K.O

Não tem como negar que "K.O" foi a grande música do ano. Pabllo Vittar foi a artista mais comentada, principalmente por ser uma drag queen chegando ao topo, mas por trás de todo o debate de inclusão, discriminação etc, ninguém esqueceu como "K.O" era boa, uma música difícil de ser classificada em qualquer gênero, mas 100% com cara de Brasil.

Confira a lista das 20 melhores nacionais no Spotify do Storia Brasil: