MÚSICA

Fizemos um faixa-a-faixa do disco de estreia de Camila Cabello

Author
Fizemos um faixa-a-faixa do disco de estreia de Camila Cabello

(Reprodução)

Um dos momentos mais aguardados de 2018 já aconteceu, o lançamento de Camila, disco de estreia de Camila Cabello. Já escutamos e aqui temos um faixa-a-faixa detalhado sobre cada canção do álbum.

1 - Never Be The Same - é o single atual de Camila, que fez uma performance incrível no programa de Jimmy Fallon essa semana. Uma escolha estranha de single, pois é um pop bem normal. Refrão ok. Verso ok. A letra a coloca no papel de viciada, mas o crack é o boy magia (ou a fada no caso de alguém que não gosta de boys).

2 - All These Years - uma música que poderia ser do Ed Sheeran (o que não é necessariamente um elogio). Infelizmente essa tendência se repete algumas vezes ao longo do álbum.

3 - She Loves Control - ótima música, bem dançante, uma pegada meio Major Lazer, mas faltou um refrão mais explosivo.

4 - Havana - nem precisa dizer nada. Um HINO que vai ficar para todas as nossas próximas gerações.

5 - Inside Out - boa música com influências caribenhas, poderia fazer parte da trilha de um filme da Pequena Sereia dirigido pela Sofia Coppola.

6 - Consequences - a melhor surpresa do disco ("Havana" não conta mais como surpresa, pois já conhecemos há meses). Uma baladaça que pode ser o "Everytime", da Britney Spears, dessa geração. Ainda vamos chorar muito com "Consequences".

7 - Real Friends - outra conhecida, que já havia sido lançada junto com "Never Be The Same", em dezembro. Mais uma baladinha meio Ed Sheeran, mas essa pelo menos é um pouco melhor que "All These Years".

8 - Something´s Gotta Give - outra ótima balada sobre alguém que só te faz sofrer. Camila é ótima seguindo nessa linha de baladas sofridas, mas a impressão que temos a essa altura é que faltaram coisas mais dançantes no disco.

9 - In The Dark - mais uma música de sofrência, evidenciando ainda mais que é um disco para sentar e chorar. Ao menos nada se parece com Fifth Harmony até agora (mas também nada contra se tivesse).

10 - Into It - outra música na qual faltou um "punch" para ela ser ótima. Infelizmente o disco é menos parecido com "Havana" do que eu queríamos, mas nada é perfeito.

O disco você ouve na íntegra aqui: