MÚSICA

Manchetes comprovam: Zezé Di Camargo é necessário para o jornalismo brasileiro

Author
Manchetes comprovam: Zezé Di Camargo é necessário para o jornalismo brasileiro

(Imagem: Divulgação)

O jornalismo de celebridades está fadado a sempre sofrer preconceito dos haters e ser considerado algo menor. Porém, se pararmos pra pensar, é de lá que saem as matérias e pautas mais interessantes, uma vez que muitas vezes os profissionais da área precisam tirar leite de pedra e entregar algo interessante mesmo que nada esteja acontecendo. Por causa disso, o Brasil foi agraciado com grandes personagens que já estão eternamente presos ao nosso imaginário, como Geisy Arruda e todas as mulheres fruta.

No entanto, quando lembramos a injustiçada "série D" do jornalismo, poucas vezes falamos sobre Zezé Di Camargo, um dos maiores protagonistas de grandes manchetes de sites, revistas e jornais, há pelo menos 20 anos.

O "jornalismo respira"? Podemos ficar tranquilos, pois enquanto Zezé estiver entre nós, ele estará nos alegrando, nos irritando ou nos fazendo dar risada. Aqui temos algumas provas:

É só fazer uma pesquisa rápida no Twitter para descobrir que a notícia mais amada envolvendo Mirosmar é a de quando ele levou "a namorada a bordel de luxo por engano e gastou R$ 5,000".

"Saí de casa hoje para me divertir. Me indicaram um lugar chamado Scandalo. Fui pensando que era uma danceteria. Quando cheguei, era um puteiro de classe alta. Tomei alguns drinques com minha namorada e fiquei surpreso quando vi a conta", escreveu em seu Instagram.

Porém, outras também fazem sucesso até hoje.

Ainda em 2017, o cantor deu uma declaração bastante infeliz para a jornalista Leda Nagle, dizendo que não houve ditadura militar no Brasil. A revolta da internet na ocasião prova que Zezé ainda é levado bastante a sério.

Manchetes comprovam: Zezé Di Camargo é necessário para o jornalismo brasileiro

(Reprodução)

Nesta semana mesmo, o próprio nos presenteou com isso aqui:

Manchetes comprovam: Zezé Di Camargo é necessário para o jornalismo brasileiro

(Reprodução)

Depois de passar por mal por conta de uma crise de estafa, o cantor tocou sanfona para a noiva, Graciele Lacerda.

A voz talvez não seja mais a mesma, mas a figura de Zezé continua necessária (para o bem ou para o mal) do jornalismo brasileiro.

Para terminar, fique com essa aqui:

Manchetes comprovam: Zezé Di Camargo é necessário para o jornalismo brasileiro

(Reprodução)