MÚSICA

Os clipes de Anitta ranqueados do pior ao melhor

Author
Os clipes de Anitta ranqueados do pior ao melhor

Anitta é uma máquina. O maior motivo de orgulho do Brasil em 2017 não para. Lança música com todo tipo de artista e aos poucos se prepara para conquistar o mundo. Porém, nem sempre podemos esperar que tudo saia perfeito, ainda mais de alguém que trabalha tanto. Aqui, elencamos os melhores clipes de Anitta (do pior ao melhor). Concorda? Discorda?

*Vale frisar que lyric videos e clipes ao vivo não entram na lista.

20 - Is That For Me (com Alesso)

No momento em que mais esperávamos de Anitta, ela surge com um clipe pouco inspirado, em parceria com o sueco Alesso, DJ de house genérica e sem sal, como a própria "Is That For Me". O site TMZ noticiou que a cantora precisou contratar um xamã para garantir o bom tempo nos dois dias de gravação na Amazônia, onde o clipe foi rodado. Lançado em tempo recorde (apenas uma semana após a gravação),  é uma pena que as forças sobrenaturais do índio não tenham impedido o clipe de ser completamente esquecível.

19 - Cravo e Canela (com Vitin)

O maior problema de "Cravo e Canela" é ser um clipe com pouca Anitta. Nos raros momentos em que a cantora aparece, ela está atrás do vidro de um carro embaçado pela chuva e saturadíssima debaixo de luzes de neon. Podemos dar a desculpa de que é um clipe "conceitual", mas precisamos admitir que ficou parecendo mais uma propaganda de qualquer coisa que não deu certo.

18 - Não Para

Nada de muito especial aqui. Anitta da era "Show das Poderosas" em um vídeo cujo maior atrativo é ver a cantora com o brilho nos olhos dos que vão chegar lá.

17 - Cobertor (com Projota)

Anitta e Projota tentando mostrar alguma química para as câmeras. No entanto, ver o rapper atirando facas na musa não é algo que podemos considerar exatamente sensual.

16 - Sua Cara (com Major Lazer e Pabllo Vittar)

O clipe que lacrou, pisou e sambou antes mesmo de ser lançado. Bom, aí ele saiu e percebemos que não era tudo isso. "Sua Cara", em parceria com Major Lazer e Pabllo Vittar, é, sem dúvida, uma das melhores músicas das quais Anitta já participou até hoje, mas o clipe que prometia tanto e gerou muitos memes nas semanas que antecederam o seu lançamento, deixa aquela impressão que poderia ter sido muito melhor.

15 - Ritmo Perfeito

"Ritmo Perfeito" é como se fosse um clipe do Santana, porém com a sensualidade brasileira caminhando junto com a latina.

14 - Meiga e Abusada

De 2012, "Meiga e Abusada" é Anitta pura e mostrando a que veio. Gravado em Las Vegas muito antes da cantora se apresentar ao lado de Iggy Azalea no programa de Jimmy Fallon.

13 - Você Partiu Meu Coração (com Nego do Borel e Wesley Safadão)

Qualquer obra audiovisual com Nego do Borel é promessa de sucesso. "Você Partiu Meu Coração" não é diferente.

12 - Loka (com Simone e Simaria)

Não é uma das maiores superproduções de Anitta (ou de Simone e Simaria), mas é ótimo por unir três caras muito carismáticas do nosso Brasil. Só é possível assistir "Loka" com um sorriso no rosto.

11 - Sim ou Não (com Maluma)

A verdade é que Anitta e Maluma antes de deixarem de se seguir nas redes sociais mostraram muita química e sensualidade no clipe de "Sim ou Não". A música, um hit que não merece ser esquecido, também ajuda no conjunto da obra.

10 - Zen

Anitta conseguiu retratar muito bem aqui o fim de semana perfeito com o "mozão". Esse lado "good vibes", com muita praia, sol e estrada, é ótimo também.

9 - No Meu Talento (com MC Guimê)

Anitta na fase "Gimme More", de Britney Spears, porém em plena ascensão da cantora.

8 - Deixa Ele Sofrer

A fase "Bang" da cantora foi realmente especial e muito colorida. Este clipe segue muito bem essa temática, abusa de planos sequência e mostra Anitta dançando em uma famosa hamburgueria com temática anos 50.

7 - Will I See You (com Poo Bear)

Anitta em inglês, porém, ao contrário do clipe com o DJ Alesso, aqui a cantora mostra estar muito à vontade com a língua na qual está cantando e com o vídeo, claro. Uma balada que não permite muito rebolado, mas não deixa de ser sensual, com Anitta debruçada nua em cima de uma mesa e mostrando que está à altura de qualquer diva pop internacional.

6 - Na Batida

Muitos figurinos diferentes, divertidos e até uma referência ao clássico "Flashdance".

5 - Menina Má

Anitta nos tempos de Furacão 2000. O clipe mostra a vingança da menina rejeitada em uma explosão de sensualidade que não fica devendo nada ao Fifth Harmony, "Work From Home" (lançado muito depois, inclusive).

4 - Essa Mina é Louca (com Jhama)

Mais um clipe da era "Bang", dessa vez Anitta divide o centro das atenções com a presença sempre iluminada de Isis Valverde. Por conta disso é, sem dúvida, o clipe mais hipnotizante da cantora.

3 - Show das Poderosas

É verdade que não há nada de muito especial no vídeo de "Show das Poderosas". Mas pare pra pensar. Se Sofia Coppola tivesse nascido no Brasil, com certeza seria a diretora responsável por este clipe. A fotografia em preto e branco e a pouca roupa de Anitta e das dançarinas são a cara da herdeira mais famosa da família Coppola. Como se não bastasse, o clipe ainda traz a icônica coreografia.

2 - Paradinha

O poder de "Paradinha" é tão grande que estamos até hoje dançando e cantando uma música em espanhol que não entendemos nem um quinto da letra. É impossível ouvir e não lembrar de Anitta rebolando no supermercado ou na catraca do metrô. Sem dúvida, de todos os clipes que a cantora lançou em 2017, "Paradinha" foi o mais importante.

1 - Bang

Não tem jeito, "Bang" continua sendo o maior divisor de águas da carreira de Anitta. O clipe é o nosso "Single Ladies". Só ela para conseguir mais de 320 milhões de visualizações em um clipe em preto e branco, com os seres humanos contornados apenas por desenhos e onomatopeias coloridas. A pop art nunca foi tão real para nós brasileiros.