MÚSICA

Show do Green Day ou vaga na Copa: Peru vive um impasse

Author
Show do Green Day ou vaga na Copa: Peru vive um impasse

A seleção peruana de futebol vive um momento único. Em quinto lugar na tabela das eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia, os peruanos conseguiram uma vaga na repescagem (que será disputada em jogos de ida e volta contra a Nova Zelândia) e uma chance rara de participar da maior festa do futebol mundial (que acontece apenas de quatro em quatro anos, vale lembrar).

O problema é que o jogo no Peru deveria acontecer no Estádio Nacional de Lima, no dia 14 de novembro, mesmo local onde está marcado o show do Green Day no país, um dia depois. Como sabemos que é impossível deixar um estádio preparado para receber um evento desse porte em menos de 24 horas (e muitos ingressos já estão vendidos), os peruanos vivem um impasse: remarcar a partida para outro local ou cancelar o show.

E agora?

A solução encontrada pela empresa Move Concerts, dona dos direitos do evento, foi a de fazer a Federação Peruana de Futebol (FPF) arcar com o prejuízo acarretado pela suspensão ou cancelamento do show. A federação, no entanto, apelou para o poder executivo do país, clamando que "deve priorizar a utilização da infraestrutura esportiva para o que é sua finalidade natural".

A última vez que o Peru foi à uma Copa do Mundo, em 1982, o Green Day ainda não existia (a banda só foi formada em 1987). Apesar de ainda não estar classificado, o time de Guerrero,  Cueva e companhia conseguiu um feito histórico e os peruanos não vão abrir mão dessa oportunidade de finalmente voltar à uma Copa do Mundo tão fácil.

Além do Peru (se tudo der certo), o Green Day toca no Brasil, Chile, Argentina e Bolívia, na América do Sul. No Brasil, a banda se apresenta nos dias 1, 3, 5 e 7 de Novembro, no Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre, respectivamente.