CINEMA

A Crítica do Super-homem

Author

Todo mito de super-herói tem o herói e seu alter ego.

Batman é Bruce Wayne. O Homem-Aranha é Peter Parker. Quando acorda pela manhã ele é Peter Parker. Ele precisa pôr um uniforme para virar o Homem-Aranha. E é aí que o Super-Homem se diferencia dos demais.

O Super-Homem não virou Super-Homem. Ele nasceu o Super-Homem. Quando ele acorda de manhã ele é o Super-Homem. O alter ego dele é o Clark Kent. Seu uniforme com o “S” vermelho é o cobertor no qual os Kents enrolaram o bebê quando o acharam. Essa é a roupa dele. O que Kent usa, os óculos, o terno, este é o disfarce que o Super-Homem usa para se passar por um de nós.

Clark Kent é como o Super-Homem nos vê. E quais são as características de Clark Kent? Ele é fraco, inseguro e covarde.

Clark Kent é uma crítica do Super-Homem à raça humana.

—Kill Bill, Vol. 2

A Crítica do Super-homem