A realidade da população negra no Brasil

Dhienifer
Author Dhienifer
Collection `Sociedade

O Brasil dentro de seus 518 anos de história, teve mais de três séculos de escravidão, apenas vindo à abolir em 1888. Após 130 anos da Lei Áurea, o país encontra-se em uma situação de plena desigualdade social e, sofre por não  ter criado políticas públicas eficientes, que visassem amparar um povo que foi arrancado de sua família, sua cultura e, colocados em uma realidade extremamente diferente.

Primordialmente, a população negra é a maior em nosso país, assim também tornaram-se grandes vítimas da violência, de acordo com os dados do Atlas da Violência 2017, que apresenta dados do Ministério da Saúde, as taxas de homicídio de 2016, revelam um abismo entre a população branca e negra, sendo brancos 29% e negros 71% das vítimas de homicídio.

Ao mesmo tempo, que são a maior parte da população, encontram-se a maioria em regiões periféricas, certamente muitos vivem em condições precárias, com a falta de uma moradia digna, saneamento básico, além disso, muitos nunca frequentaram a escola.

Sendo assim, o jovem negro acaba tornando-se o que mais sofre com a realidade do país, uma vez que é visto como bandido e inquestionavelmente já nasce na mira da polícia. Por ano são mortos 30 mil pessoas, entre elas 23 mil são jovens negros, ou seja, a cada 23 minutos morre um jovem negro, segundo o Programa do Fundo de População da ONU.

No Brasil, existe um racismo predominante em todos os setores da sociedade. Visto que o negro ainda é marginalizado, tanto em jornais, apresentando-o morto por conflito com a polícia, na novela, uma vez que o papel fornecido a eles é de representar domésticas, bandidos ou pobres, dificilmente são colocados em posições superiores. Nas universidades, mesmo possuindo o sistema de cotas, os universitários brancos são inegavelmente a maioria, além disso, raramente pessoas negras compõem o quadro de professores.

Contudo, ao olhar esses dados alarmantes e esse racismo predominante, as instituições que cuidam destes setores da sociedade brasileira devem prezar por políticas inclusivas e de segurança para a diminuição destes dados. E não apenas elas, este é um assunto do qual deve ser abordado por toda a sociedade brasileira, tirando este medo dos negros, que infelizmente andam pelas ruas com medo apenas por possuir a cor da pele, o cabelo, o nariz diferente da minoria branca. Então consequentemente, nossa sociedade conseguirá evoluir, diminuindo a desigualdade e como resultado a diminuição da criminalidade.

Be the first to like it!

Comments

People also liked

Related stories
1.India Vows “Isolation” Of Pakistan After Deadly Terrorist Attack
2.Should You Wake Up Early? Not Necessarily
3.Prince Philip Not To Face Charges Over Crash
4.Buying Into No-Buy
5.Indian Lawmakers Summon Twitter CEO Jack Dorsey
6.Is A Single Time Zone Hurting India?
7.U.S. Has A Brush With China, Now At Sea
8.Pope Gets A Challenge: Be Vegan For Lent
9.Hawaii Planning To Ban Cigarettes
10.Park Runner Chokes Mountain Lion To Death
500x500
500x500