ENTRETENIMENTO

Francisco, o participante do MasterChef que PERDEU a própria torcida na final

Author

Sempre sério, compenetrado e com um ego maior que a tentativa do programa viralizar, Francisco foi uma das poucas certezas da segunda temporada do "MasterChef Profissionais": era odiado por boa parte do público. Dessa forma dava até pra entender que o chef não tinha uma torcida tão grande nesse programa, mas qual não foi a surpresa ao ver que ele pegou essa torcida e praticamente jogou fora durante a final?

Francisco, o participante do MasterChef que PERDEU a própria torcida na final

(Reprodução/Band)

Francisco seguiu à risca a cartilha de como se tornar um participante chato de reality show, incluindo a etapa de ter uma auto-visão do jogo que não correspondia à realidade e de encher o saco do público com problemas que não estávamos assim tão interessados em acompanhar (vide o dia que ele fez questão de relembrar, dezenaa de vezes, que estava com a mão machucada... e recusou ajuda, gerando mais e mais drama na telinha).

O participante ainda teve pontos bônus de chatice pela proximidade que criou com Clécio, seguramente o chef mais detestado da temporada nas redes sociais, por tietar desnecessariamente os jurados do programa e sempre se referir a Francisco como "Paizão". Acreditem, o apelido repercutiu muito mal:

Bem, mas estamos aqui para falar do que Francisco fez nessa final do "MasterChef Profissionais". Como acontece em TODA.SANTA.FINAL.DESSE.REALITY, cada um dos chefs precisou criar um menu degustação e contou com a presença de seus familiares e de todos os eliminados da competição acompanhando tudo do mezanino. Como já é costumeiro acontecer no programa, às vezes alguns colegas dão uns toques ou avisam coisas que escaparam da visão do finalista... mas Francisco não soube lidar muito bem com isso.

Em um dado momento, Ravi (aquele que fez um miojo nessa edição) deu uma dica para ajudar Francisco e só foi receber um obrigado depois de cobrar a gentileza. Em outra parte do programa, todo mundo avisou que a porta a geladeira havia aberto sozinha. Francisco tinha duas opções possíveis, e obviamente escolheu a pior delas:

***

PERGUNTA: O que Francisco poderia ter feito depois da ajuda dos demais participantes?

(  ) Agradecer a ajuda dos colegas

(x) Falar que a geladeira era o menor de seus problemas e falar pra todo mundo respeitar a hierarquia, insinuando que ele estava acima de todos

***

Olha... depois desse papo de ~hierarquia~ a plateia que estava no mezanino pegou UM RANÇO de Francisco que dava pra ver na televisão toda a energia negativa saindo do olhar dos antigos participantes do reality culinário. Irina, por exemplo, nem disfarçou que achou aquilo extremamente desagradável.

Ficou tão difícil de torcer por Francisco que os editores da Band até colocaram um depoimento da própria família do "Paizão" tentando explicar por que o pessoal do "MasterChef Profissionais" passou a torcer para o outro competidor. E pior: eles até entendiam a mudança.

O tal papo da hierarquia também causou reações nas redes sociais. Spoiler: O PESSOAL DETESTOU!

E depois que Francisco perdeu por uma margem considerável, claro que as redes sociais entraram em festa e jogando a tal da hierarquia bem na cara dele:

Se pelo menos Francisco tivesse assistido a esse clássico vídeo com dicas do Padre Marcelo, isso nunca teria acontecido: