TV

Igreja Universal percebe que o melhor é ficar afastada de "Apocalipse"

Author

Depois que conseguiu uma audiência fenomenal com "Os Dez Mandamentos", a Record investiu muito dinheiro em novelas bíblicas. O tempo foi passando e a popularidade delas foi caindo, então eles lançaram a carta coringa que estavam guardando para momentos de crise: uma novela sobre o livro do "Apocalipse". Uma superprodução, com atores caríssimos e a mesma autora de "Os Dez Mandamentos", mas eles pecaram num detalhe: havia o dedo da Universal.

Igreja Universal percebe que o melhor é ficar afastada de

Talvez seja uma grande surpresa para você leitor, mas o dono da Igreja Universal é o mesmo dono da Rede Record, então as duas são praticamente irmãs. Inclusive boa parte da renda da emissora da Barra Funda vem do espaço alugado "a preço especial" para a Igreja de madrugada. Com laços tão estreitos, era de se imaginar que eles fossem meter um dedinho ou outro na história de novelas bíblicas, mas isso passou dos limites em "Apocalipse".

Isso porque a filha de Edir Macedo, a escritora e apresentadora Cristiane Cardoso, simplesmente pegava o roteiro de "Apocalipse" escrito por Vívian de Oliveira e mudava do jeito que queria. Para se ter uma ideia, a própria autora da novela não fazia ideia que haveria narrações do anticristo (Sérgio Marone) nos capítulos, ela foi descobrir isso junto com o público.

Coincidentemente, todos os pontos negativos de "Apocalipse" estavam relacionados às intervenções da Igreja. O texto às vezes era extremamente didático, quase um teleculto, a trama não fazia muito sentido e o anticristo continuava sendo quase um Fiuk com textos péssimos.

Também fez parte da interferência da Igreja Universal o fato dos vilões da história, uma certa seita religiosa macabra, ter fortes semelhanças com uma certa religião aqui do mundo real que por muita coincidência também é "rival" da Igreja Universal.

Igreja Universal percebe que o melhor é ficar afastada de

Mas por sorte isso está acabando. Segundo a coluna do Flávio Ricco, o pessoal da Igreja Universal decidiu ficar um pouco mais afastado das decisões de roteiro de "Apocalipse", deixando a autora fazer o trabalho que ela queria fazer desde o início. E pior que já tem mostrado resultados.

Somada à mudança de grade, a novela até aumentou sua audiência média em 2 pontos. Está bem longe ainda dos dois dígitos que a Record gostaria, mas já é um bom começo.

Falta agora só afastar outras coisas que fazem mal à "Apocalipse". Tipo o Sérgio Marone, o texto religioso chato, o Sérgio Marone, os efeitos especiais cafonas, o Sérgio Marone... tem também aquele ator... sim, o Sérgio Marone!