ENTRETENIMENTO

Irene teve a mais louca morte de vilã dos últimos tempos

Author

A trama de "A Força do Querer" inovou ao trazer zero vilãs para a história principal, fazendo com que cada uma das três protagonistas (Ritinha, Jeiza e Bibi) acabasse sendo antagonista da outra em algum momento da história. Mas, nos núcleos periféricos, Irene (Débora Falabella) tocou o terror e teve um dos fins mais memoráveis das novelas. Acredite ou não.

Irene teve a mais louca morte de vilã dos últimos tempos

(Reprodução/Instagram)

Quando penso em mortes icônicas de vilãs de novela eu lembro de Nazaré Tedesco de "Senhora do Destino" se jogando no Rio São Francisco, Odete Roitman baleada em "Vale Tudo" ou de Laurinha Figueiroa de "Rainha da Sucata" caindo do prédio como um saco de areia para forjar um assassinato. Para se criar algo memorável, é necessário que o autor tenha um certo trabalho para criar uma situação única que ninguém até aquele ponto havia feito. E Gloria Perez pegou bem o espírito da coisa, afinal Irene morreu caindo no fosso do elevador após um delírio no qual era perseguida por cosplayers assassinos.

Fomos acompanhando o surto de Irene capítulo a capítulo, ela se apaixonou por Eugênio (Dan Stulbach) e manteve uma gravidez falsa para atazanar a vida dele e de sua esposa Joyce (Maria Fernanda Cândido). Paralelamente a isso, a malvada precisou fugir de Elvira (Betty Faria) e Garcia (Othom Bastos), que a caçavam por um assassinato cometido no passado lá nos Estados Unidos.

Tudo ficou, claro, para a semana final de "A Força do Querer". Irene foi descoberta e perseguida por Elvira e Garcia num estacionamento digno de filme de terror. E por uma incrível coincidência, Silvana (Lilia Cabral) e Eurico (Humberto Martins) estavam naquele mesmo cenário macabro acompanhados do sobrinho cosplayer e seus amigos recém-saídos de um evento de anime. Tudo isso se misturou na cabeça já maluca de Irene e ela teve um baita delírio misturando todos aqueles elementos.

Irene teve a mais louca morte de vilã dos últimos tempos
Irene teve a mais louca morte de vilã dos últimos tempos
Irene teve a mais louca morte de vilã dos últimos tempos
Irene teve a mais louca morte de vilã dos últimos tempos

Após a perseguição dos "cosplayers assassinos" frutos de sua cabeça louca, Irene foi encurralada pelos personagens da terceira idade e pelo grupo de jovens que estava num Anime Friends da vida. Completamente transtornada, Irene acabou caindo no fosso do elevador.

Irene teve a mais louca morte de vilã dos últimos tempos

Para encerrar com chave de ouro, a louca foi gritando "Eugênioooooo" durante a queda, e o capítulo fechou congelando na sua cara desesperada. Melhor gancho impossível.

Precisamos dar parabéns à direção da novela, que transformou elementos que tinham tudo para formar uma cena risível em algo bem perturbador. Irene correndo pelo estacionamento sendo perseguida por versões macabras do protagonista de "Dragon Ball Z" foi algo realmente sensacional (mesmo com algumas situações cômicas, como o elenco da terceira idade brincando de perseguição com a perigosa assassina em vez de procurar Jeiza ou qualquer outro policial).

E como era de se imaginar, a cena bombou nas redes sociais provando mais uma vez que Gloria Perez sabe como ninguém parar esse país:

Pobre Irene! Pelo menos ela entrou na História das Novelas com essa cena.