PUBLICIDADE

O Miss Brasil 2017 teve até merchan de fritadeira

Author

Ficar em casa num sábado à noite é garantia de ter um dia não tão animado assim, mas quem optou por não sair no último sábado teve o prazer de decidir entre dois grandes eventos anuais na televisão: o "Criança Esperança" na Globo e o "Miss Brasil BE Emotion" na Band. Acontece que além de entreter o público, a competição de beleza teve um momento bem... "peculiar" durante seu merchandising.

O Miss Brasil 2017 teve até merchan de fritadeira

(Reprodução/ Band)

Concursos como o Miss Brasil são acontecimentos caros que precisam de muito apoio. A edição de 2017 pela primeira vez na história não foi realizada numa capital, sendo um evento bem mais compacto sediado na cidade de Ilhabela (SP). A prefeitura da estância turística, como era de se imaginar, gastou uma fortuna no concurso para divulgar a própria cidade. A outra parte do montante foi patrocinada pela Polishop, que colocou até o nome de sua linha de maquiagem no nome do evento (sim, foi uma surpresa pra mim também descobrir que "BE emotion" era uma marca da Polishop).

Assim como a cidade de Ilhabela enfiou suas belas paisagens sempre que podia nos intervalos comerciais, a marca Polishop (conhecida pelas propagandas de eletrodomésticos importados) aproveitou todo momento para divulgar e enaltecer sua marca. Toda hora víamos alguma miss se depilando com um aparelho da Philips ou utilizando a maquiagem Be emotion. Até aí normal aproveitar a competição para divulgar produtos relacionados ao universo da beleza, mas uma das propagandas mostradas pareceu meio "fora de contexto".

Durante uma matéria em que as misses curtiam ~deliciosos~ drinks sem álcool em uma paradisíaca praia de Ilhabela, após uma refeição oferecida pelo vencedor da terceira temporada do "MasterChef Brasil", a Polishop achou que aquele era um momento propício para inserir um merchan de uma fritadeira que eles vendem no Brasil.

O Miss Brasil 2017 teve até merchan de fritadeira

DE. UMA. FRITADEIRA.

Veja bem, embora o conceito de beleza seja bem subjetivo (e bastante questionado atualmente), é inegável que o concurso de Miss Brasil ainda tem em seus critérios antiquados certos padrões exigidos das competidoras, seja em idade quanto em corpo. Dessa forma, é bem estranho divulgar um produto que além de não ser relacionado com a beleza, faz parte de uma forma de alimentação que todo mundo sabe que está longe de ser saudável.

Ainda se fosse uma Air Fryer a gente entenderia por ser algo mais "saudável", mas era uma fritadeira daquela que enchemos de óleo, colocamos a batata e o negócio faz aquele sruuuuuushhhhh (imaginem que esse é o barulho do óleo fritando)!!!

Faltou uma coerência aí!