TV

O Outro Lado do Paraíso entrará para a história só pela audiência e o meme da Clara

Author

É a semana final de "O Outro Lado do Paraíso" e a novela continua virando notícia pelos mais variados motivos: quengas ninjas, recorde no Ibope e até mesmo furos enormes no plano de resgate do filho de Clara (Bianca Bin). Afinal, qual será o legado da novela das nove.

TV GLobo (Divulgação)
TV GLobo (Divulgação)

Há alguns anos, o Brasil parou com a novela "Avenida Brasil". Nunca na história recente desse país uma novela havia mobilizado tanto uma população como aquela escrita por João Emanuel Carneiro, trama essa capaz de unir o público de séries e os amantes de telenovelas. "Avenida Brasil" se transformou não só num sinônimo de sucesso de audiência e público, mas em sinônimo de Messias: as pessoas estavam ansiosas aguardando a nova "Avenida Brasil". E, assim como o próprio Jesus... esse tal Messias nunca veio.

A julgar pela repercussão e audiência, "O Outro Lado do Paraíso" tem tudo para ocupar esse posto. Para se ter uma ideia, o capítulo do resgate de Tomaz (Vitor Figueiredo) rendeu nada menos que 50,2 pontos de pico no Ibope, um índice que não foi alcançado nem mesmo por sucessos como "Avenida Brasil" ou "Fina Estampa". Desde sua segunda fase, a novela de Walcyr Carrasco manteve uma audiência de novela em reta final de audiência, e conseguiu sempre manter o interesse do público com as mais inventivas vinganças de Clara contra seus algozes.

Isso quer dizer que "O Outro Lado do Paraíso" será lembrada com tanto carinho quanto "Avenida Brasil"? Dificilmente.

A atual novela das nove vive uma situação de histeria coletiva, que é quando o público inteiro está embarcando nessa viagem louca proposta pelo autor sem questionar muito. A alegria de toda a população com as reviravoltas absurdas da novela ofusca a baixa qualidade da trama, o roteiro ruim e as atuações de medianas para baixo.

"O Outro Lado do Paraíso" não foi uma boa novela, e sim foi um bom caso de marketing. A história soube se vender como algo interessante e realista, e o público comprou como se fosse verdade. A cada reviravolta (uma com menos sentido que a outra) fazia as pessoas transformarem a novela das nove em assunto de novo, contribuindo com a audiência.

Não estou aqui falando que é impossível uma novela das nove ter um bom texto e fazer sucesso, até porque a trama anterior teve esse êxito: "A Força do Querer" foi a novela que salvou o horário das nove e soube mostrar com muita sensibilidade uma história que parou o país. Mas o que "O Outro Lado do Paraíso" fez com o espaço que teve? Quase nada.

Não duvido que "O Outro Lado do Paraíso" seja lembrada no futuro, até porque sucesso de audiência costuma não ser esquecido, mas a novela contribuiu muito pouco para essa memória. Tirando o meme do retorno da Clara, que virou piada até no Big Brother Brasil, não teve nada que se salvasse na atual novela das nove.