ENTRETENIMENTO

"Pega Pega" tem abusado das coincidências

Author

Só de ler o título dessa matéria, aposto que algum leitor já pensou "affe, que cara chato, ele não sabe que novelas têm de ter coincidências pra ser legal? Otário!". Sim, eu sei disso tudo, mas tem algo que me incomoda um pouquinho na atual novela das sete: ela tem coincidências DEMAAAAAIS.

"Pega Pega" tem abusado das coincidências

(Reprodução/Globo)

Para os não acompanham essa novela (o que é algo positivo, considerando que ela é bem ruinzinha), "Pega Pega" conta a história do Carioca Palace, um hotel de luxo no Rio de Janeiro que está prestes a ser vendido para um magnata chamado Eric (Mateus Solano) que pagou uns 40 milhões de dólares na transação. O dinheiro é entregue em malas (sim, o sujeito deve ter passado em uns 8oo caixas eletrônicos pra sacar o dinheiro em espécie) ao dono do falido hotel, mas aí acontece de quatro funcionários se unirem para roubar a grana, que é dividida em partes iguais entre eles.

Era de se esperar que "Pega Pega" fosse mostrar apenas o que acontece ao redor desse roubo pelos quatro funcionários, a investigação da policial Antônia (Vanessa Giácomo) e o novo dono do hotel tentando reerguer a glória do estabelecimento, mas não. Todos os entrechos da novela são ligados pelos mais variados crimes, pequenos e grandes, acontecendo em várias esferas sociais diferentes.

Um crime em especial vem ganhando cada vez mais destaque na novela, o tal mistério do acidente que matou Mirella, a ex-mulher do novo dono do hotel. Após anos acreditando que o acidente automobilístico foi causado por um bicho de pelúcia de sua filha (que ficou tão perturbada com o fato que começou a ver um canguru de pelúcia falante nos lugares, mas isso é assunto pra outra história), o público que acompanha "Pega Pega" começou a descobrir que rolou na verdade uma armação com intenção criminosa.

"Pega Pega" tem abusado das coincidências

(Reprodução/Globo)

E agora voltamos ao problema que relatei no começo. O tal Caso Mirella envolve tantas coincidências que parece até explicação dada pelo seriado "LOST". Acompanhe comigo:

Além do próprio Eric que é acusado de ter causado a morte de sua falecida mulher Mirella, os outros personagens envolvidos no mistério são Athaíde (pai de Maria Pia, que nada mais é que a mulher que viria a ser secretária particular de Eric), Elizabeth (mãe de um dos ladrões do hotel e que esteve desaparecida nos últimos 10 anos, até voltar do nada) e de certa forma até Pedrinho (o ex-dono do hotel que o vendeu para Eric).

O caso mais agudo é o envolvimento de Elizabeth, afinal é muito forçado para o público acreditar que uma envolvida no caso da morte de Mirella deu a luz ao rapaz que viria a ser o futuro garçom do Carioca Palace - e que por muita coincidência também roubaria o dinheiro justamente do homem casado com a mulher que esteve envolvida na morte. É uma forçação de barra tão absurda que precisamos quase desenhar um diagrama para entender como tantas coincidências estão acontecendo ao mesmo tempo.

Do jeito que "Pega Pega" anda tendo umas reviravoltas loucas, daqui a pouco descobrimos que foi o canguru de pelúcia feito em computação gráfica o responsável pela morte de Mirella.

"Pega Pega" tem abusado das coincidências