OUTROS

Givenchy outono-inverno 2018/2019

Author


Com a morte de Hubert de Givenchy e o vestido da Duquesa de Sussex, Meghan Markle, todos os olhos que estavam presentes na temporada outono-inverno de alta costura, estavam apontados para Clare Waight Keller e sua assinatura na Givenchy.

Embalado ao som de ‘Moon River’ - música da trilha sonora do clássico filme ‘Breakfast at Tiffany’s’, que tem Audrey Hepburn desfilando Givenchy desde a primeira cena da película - o desfile foi marcado por tecidos de cores sóbrias, muitas capas e detalhes metálicos.

Embora preto e branco tenham sido as principais cores da coleção, o minimalismo não se fez muito presente nas peças, assim como em várias outras grifes, o uso de penas foi muito notório, o que ajudou a fortalecer os comentários de que uma das inspirações para criação de ‘Caraman’, foi o glamour old-school Hollywoodiano, que também se fez presente na Valentino, através dos penteados à la Priscilla Presley.

É possível dizer que o propósito por trás da temporada foi fazer com que a base da alta costura fosse sobrelevada, assim restaurando a essência base dos primeiros conceitos trabalhados.