NOTíCIAS

Pesquisa aponta esvaziamento dos espaços culturais em Maceió

Author
Pesquisa aponta esvaziamento dos espaços culturais em Maceió

Em contraponto ao entretenimento tradicional da população maceioense jovem, espaços culturais como o Centro Cultural Arte Pajuçara, o Espaço Cultural Linda Mascarenhas e o Teatro Deodoro oferecem programação diversificada e são pouco frequentados pelos jovens, perdendo espaço para casas de show, bares e shoppings.

De acordo com enquete realizada a partir dos formulários Google com jovens entre 17 e 24 anos, 9 entre cada 20 jovens conhecem e costumam frequentar esses espaços culturais. Porém, 95% desses jovens visitam os espaços raramente, a cada seis meses ou apenas em eventos anuais. Quando questionados, 50% atribuem esse fato a falta de diversidade e de divulgação da programação, conforme relatado pela estudante Dimitria Pimentel, 19 anos: “Eu enxergo a falta de diversidade na programação e quando há a divulgação é falha, por isso acabo perdendo o ânimo para frequentar”. Outros 45% afirmam que a falta de segurança nos bairros onde os espaços se encontram também é um fator responsável por esse esvaziamento.

Independente desses problemas, segundo Marcos Sampaio, 52 anos, diretor do Centro Cultural Arte Pajuçara, espaços como esses são vitais para a cidade, pois são umas das poucas opções que ofertam produtos culturais, levando para o público uma opção diferenciada da TV, cinemas e teatros convencionais, com produtos como filmes e espetáculos teatrais independentes que provocam reflexão, diálogo e retratam a realidade que a própria população já vivencia.