AMOR

Diário de Bordo #4

Author

Hoje me peguei lembrando do momento em que eu descobri que ia me tornar pai...
Mesmo sabendo que tudo aquilo era muito precoce o meu coração bateu mais forte, a voz se prendeu na garganta, uma gota fria de suor desenhava meu rosto, mãos geladas e, como um piscar de olhos, minha vida tinha tomado um novo rumo naquele exato momento...

Depois de longos meses de preparo e "treino" o meu melhor estava segurando meu dedo com toda força, e ali, naquele momento, eu descobri que eu arrecem estava começando a minha história.

E hoje, ao ouvir ela falar:
- Paizão, eu te amo.

Meu coração bate mais forte, e o amor explode.
Ao ver que ela, aos 2 anos, está disposta a enfrentar seus medos, os bichos malvados, para que eu não tenha medo, para que os medos dela não se tornem os meus.

Isso tudo, isso sim vale a pena.

Diário de Bordo #4