OUTROS

EmpregueAfro quer gerar mais igualdade no mercado de trabalho

Author
EmpregueAfro quer gerar mais igualdade no mercado de trabalho

Patrícia Santos. Reprodução / Facebook

É comprovado que na pirâmide social brasileira, trabalhadores e trabalhadoras negras recebem bem menos e têm menor acesso a oportunidades de ascensão na carreira que pessoas brancas. Segundo dados do Ipea, homens brancos têm os melhores rendimentos, seguidos de mulheres brancas, homens negros e mulheres negras. E de acordo com a Oxfam, organização do Reino Unido, em 2015, brancos ganharam o dobro do recebido por negros. O estudo estima que uma renda equivalente no país, pelo ritmo de progressão que estamos vivendo na última década, só seria possível em mais de 70 anos.

E o que é possível fazer hoje para reduzir essa perspectiva desalentadora e combater a desigualdade racial no mercado de trabalho? Com o intuito de fomentar inclusão e crescimento para afrodescendentes, surgiu a EmpregueAfro, uma consultoria de RH especializada em diversidade étnico-racial. A ideia da empresa é tanto preparar gestores de empresas para estarem aptos a receberem melhor e com menos preconceito candidatos e colaboradores negros, como oferecer formação de competências que tornem os profissionais mais qualificados para as exigências da competitividade do mercado.

Para os profissionais que desejam um aprimoramento profissional, a consultoria oferece terapia de carreira, aconselhamento e orientação vocacional, estudo da personalidade profissional e revisão de currículo, além de simulação de entrevista de emprego. Para empresas parceiras, há modelos de serviços de recrutamento e seleção, além de treinamentos, cursos e palestras, campanhas de marketing e eventos, projetos sociais e voluntariado corporativo.

A fundadora Patrícia Santos na área de Recursos Humanos por 17 anos e se via incomodada com a falta de oportunidades oferecidas para os profissionais negros. “Decidida a fazer algo para mudar essa situação, comecei a ensinar jovens a montar o currículo e a se comportar em entrevistas de emprego. Em menos de 6 meses as empresas começaram a pedir para que eu fizesse a seleção desses profissionais para os programas de diversidade. E assim criei a consultoria Empregueafro”, conta a empresária em entrevista ao Projeto Draft.

Patrícia conta que 20% das empresas que estão na lista das 150 melhores e maiores do país são clientes da Empregueafro, e que seu sonho é ver profissionais negros em várias posições de liderança nas 500 maiores e melhores empresas. “Minha motivação é provocar a mudança na nossa sociedade, é acreditar que o meu negócio colabora, mesmo que aos poucos, para reverter as estatísticas sobre negros no mercado de trabalho”, complementa.