MUNDO

5 pessoas que investiram em criptomoedas e agora estão milionárias

Author
5 pessoas que investiram em criptomoedas e agora estão milionárias

Você certamente já ouviu falar dos bitcoins. Para quem não sabe, uma breve explicação: trata-se de uma moeda, assim como o real ou o dólar, mas ao mesmo tempo bem diferente. Primeiro porque não é possível mexer no bolso da calça e encontrar uma delas esquecida, já que ela é totalmente virtual.

Segundo que sua emissão não é controlada por um Banco Central. Ela é produzida de forma descentralizada por milhares de computadores, mantidos por pessoas que “emprestam” a capacidade de suas máquinas para criar bitcoins e registrar todas as transações feitas.

Além do bitcoin, há outras chamadas criptomoedas, como a Ethereum e a Ripple, que funcionam de modo parecido. Abaixo, listamos seis pessoas que faturaram milhões de dólares com as moedas virtuais.

Erik Finman

5 pessoas que investiram em criptomoedas e agora estão milionárias

Erik é um jovem de apenas 18 anos que já faturou mais de um milhão de dólares com o bitcoin.

Aos 12 anos, ele decidiu investir o equivalente para a compra de 83 bitcoins em 2011, quando elas custavam US$ 12. Dois anos depois, suas moedas já estavam valendo US$ 100 mil. Nesse momento, ele decidiu vender todas elas para criar uma empresa chamada Botangle, que dava a estudantes a possibilidade de conversar com professores utilizando vídeo.

Em 2015, ele decidiu vender a companhia, e no período surgiu um comprador oferecendo US$ 100 mil em dinheiro ou 300 bitcoins - que, na época, valiam em torno de US$ 60 mil. Finman acabou optando pela segunda oferta por acreditar que um dia elas valeriam mais. Não deu outra: pouco tempo depois o jovem adquiriu mais 103 moedas, elevando o seu montante para 403 bitcoins – o que atualmente vale mais de US$ 1,13 milhão.

Cameron e Tyler Winklevoss

5 pessoas que investiram em criptomoedas e agora estão milionárias

Para quem já viu o filme "A Rede Social", esses dois são velhos conhecidos. Os irmãos norte-americanos acusam Mark Zuckerberg de ter roubado deles a ideia do Facebook.

Hoje em dia, os dois são os primeiros bilionários de bitcoins. Em 2013, os irmãos Winklevoss compraram 1% da oferta total da moeda virtual por US$ 11 milhões, usando parte da indenização de US$ 65 milhões que ganharam do dono do Facebook. Desde então, a moeda criptografada valorizou-se quase 10.000%, fazendo dos gêmeos os primeiros bilionários do bitcoin.

Eddy Zillan

5 pessoas que investiram em criptomoedas e agora estão milionárias

Em 2012, Eddy Zillan recebeu um presente de cinco mil dólares em seu bar mitzvah. Seus pais queriam que o dinheiro fosse utilizado para algum tipo de investimento, mas ele teve uma ideia menos convencional. Ao invés de ações tradicionais, Eddy comprou bitcoin e ethereum com seu dinheiro. Com um acréscimo de sete mil dólares que ele juntou com trabalhos durante o verão, ele teve, ao todo, 12 mil dólares para o investimento.

Hoje em dia, ele já possui mais de 500 mil dólares em criptomoedas.

Satoshi Nakamoto

5 pessoas que investiram em criptomoedas e agora estão milionárias

Satoshi Nakamoto é o criador da moeda bitcoin. Ele é dono de 980 mil moedas, o que representa, hoje, cerca de 13,4 bilhões de dólares.

Isso representa cerca de 6% de toda a circulação mundial de moedas bitcoin.

Charlie Shrem

Charlie Shrem estava prestes a terminar a faculdade quando ouviu falar sobre bitcoin. Ele decidiu comprar 500 moedas a 3 dólares cada. Quando o preço subiu, ele comprou mais. Sherem ainda estava na faculdade quando fundou o Bit Instant, uma empresa que permite aos usuários comprar bitcoins em mais de 700 mil lojas. Sua empresa transacionou um total de 14 milhões de dólares em bitcoins até agora. O patrimônio líquido de Shrem é de US$ 45 milhões.