COMPORTAMENTO

Homens querem ser amados

Author
Homens querem ser amados

Essa é uma frase que soa de forma estranha para mim. Enquanto escrevo, uma voz que vem de algum lugar diz que sou fraco escrevendo isso.

Que na verdade eu tenho que mostrar força e que eu não preciso de nada. Que tenho que ser autosuficiente, e apenas cuidar dos outros, sem precisar receber nada de volta.

Mas isso não é verdade.

E escrevo esse texto para olharmos para essa questão.

Eu tenho olhado muito para a relação entre os homens nos grupos de whatsapp que participo e nas minhas rodas de amigos.

E por trás de todas as brincadeiras, de toda vontade de sacanear o outro, de ser engraçado, ou contar vantagem está o desejo de ser aceito.

O desejo de ser amado pelos outros.

Quando eu mando uma piada, quero que os outros riam. Porque quando riem, quer dizer que gostam de mim, que sou legal.

Olhe para uma criança e veja como ela reage quando você ri de algo que ela faz. Ela gosta e quer fazer mais. Para que você ria mais e assim ela se sinta amada.

O comportamento que temos nos grupos de amigos de longa data costuma ser repetitivo.

Brincamos dos mesmos assuntos. Sacaneamos os mesmos caras. Fazemos as mesmas piadas.

E assim vamos repetindo um padrão, sem sequer nos darmos conta de porque fazemos.

Esses dias recebi uma piada preconceituosa num dos grupos de whatsapp.

Meu impulso inicial foi o de responder e contestar. Mas enquanto escrevia, senti uma resistência enorme.

Se eu falasse, iria ser o chato da turma. Seria o estraga prazeres. Seria o cara que ta indo contra o grupo. Me senti o traidor.

Não seria mais amado fazendo aquilo. Seria um pouco mais odiado.

Respirei e tive que tomar uma boa dose de coragem para me colocar.

Pode parecer simples isso, mas não é.

Por trás do medo de me posicionar, estava o meu programa que roda automaticamente em busca de amor e aprovação social.

Eu me posicionei.

E ao me posicionar, vi que o amigo que mandou a mensagem nem concordava com a piada. Ele só mandou porque achava que a gente acharia engraçado.

Era sua vontade de ser amado e aceito também.

Precisamos criar espaços mais acolhedores. Precisamos que as pessoas sintam que são especiais, aceitas e amadas nos nossos grupos, sem que precisem provar.

Porque se fazemos isso, as provas sociais deixam de existir. A busca pela aprovação social, pelos likes dos amigos, pelas risadas que demonstram aceitação deixam de ser necessárias.