FILMES

6 filmes que você não sabia que eram inspirados em livros de Stephen King

Author

Em homenagem aos 70 anos do autor, uma lista com produções que você talvez não fazia ideia que eram baseadas em sua obra 

6 filmes que você não sabia que eram inspirados em livros de Stephen King

O escritor Stephen King, considerado um dos mestres do terror, atualmente está com duas adaptações de obras clássicas dele sendo exibidas nos cinemas, "A Torre Negra", que não vem sendo bem recebida pelo público e a crítica, e o fenômeno "It: A Coisa". 

E a obra do palhaço Pennywise definitivamente não está para brincadeira. Depois de conquistar o posto de maior arrecadação no mês de setembro da história, o filme já tem a maior bilheteria do gênero nos Estados Unidos, ultrapassando o até então recordista "O Exorcista", clássico de 1973; "It" registrou uma arrecadação total de US$236 milhões. 

Esses fatos são meio loucos quando pensamos que o autor mal lembra de ter escrito o livro que originou tudo. É que nos anos 80, King era viciado em cocaína e álcool; segundo relatos dele mesmo, ele precisava enfiar algodão no nariz para não sangrar em cima da máquina de escrever. Isso quando sua mulher não o encontrava desmaiado. Dessa época, surgiu: IT, Misery, Christine, Pet Sematary, Cujo e os primeiros volumes de A Torre Negra, entre outros sucessos. Mas não se preocupe, ele melhorou na década de 1990.

Não bastasse, durante muito tempo, ele foi considerado um escritor oportunista, cuja única intenção seria vender best-sellers. Mas se tem uma coisa que ele provou ao longo dos anos, é que ele consegue causar arrepios na espinha de qualquer um e emocionar seu público quando quer. 

Em homenagem aos 70 anos do mestre, fizemos uma lista com as melhores adaptações de sua obra para as telonas  e que você talvez não soubesse que eram dele:  

1. À Espera de um Milagre (1999) 

Esse drama vencedor do Oscar fez todo mundo chorar nas salas de cinema com a história de Paul Edgecomb (Tom Hanks) e a sua vida como agente penitenciário do corredor da morte em 1935 no sul dos EUA. Lá, ele conhece John Coffey (Michael Clarke Duncan), um prisioneiro com um dom milagroso e misterioso. Originalmente, a obra era uma série de livrinhos de bolso intitulados ‘O Corredor da Morte‘, mas foi reeditada com o sucesso do filme. 

2. Um Sonho de Liberdade (1994) 

Esse filme, hoje um clássico do cinema, acompanha a trajetória de Andy Dufresne (Tim Robbins), um jovem banqueiro que é condenado a prisão pelo assassinato de sua esposa e o amante dela. Supostamente, King nunca descontou o cheque de US$ 5 mil que recebeu pela venda dos direitos de adaptação. 

3. Conta Comigo (1986)

Essa foi uma grande surpresa para Hollywood; até hoje ninguém sabe explicar muito como esse filme se tornou um sucesso tão grande com orçamento tão baixo, sem efeitos especiais, depois de quase não sair do papel. Sem contar que é uma das poucas obras do autor que não tem coisas sobrenaturais. Publicado em 1982 como parte da coletânea Quatro estações, "Outono da Inocência - O Corpo" traz a história de quatro garotos de 12 anos no verão de 1960 na pequena Castle Rock. O narrador é um alter ego do próprio King. 

4. Janela Secreta (2004)

O suspense com Johnny Depp não agradou tanto a crítica, mas é um suspense e tanto. O filme é baseado em um conto homônimo que traz a história de um escritor com relacionamento fracassado que decide se retirar numa cabana isolada em um bloqueio criativo. Lá, é acusado de plágio por um senhor bem estranho e ameaçador. 

5. Louca Obsessão (1990) 

Baseado no livro "Misery", esse thriller conta a história de um escritor famoso que, após um acidente, é sequestrado por uma fã que o tortura. King revelou que é meio autobiográfico e a fã, no caso, representava a cocaína na sua vida.