UMA ALMA BOA NO CENTRO DA CIDADE

UMA ALMA BOA NO CENTRO DA CIDADE

Julia Soicher 2 years ago

direita esquerda direita esquerda inala exala inala exala

sai lágrima

esquerda direita esquerda direita inala exala inala

segura segura segura nao dá olha ela ai a lagrima escorrendo debochando jogando na cara as falhas defeitos a fraqueza

a caminhada diária de mais ou menos 900 metros até a estação de metro parecia interminável. o obstáculo estava em mim. preso. confinando. impermeável. impossibilitando minha simples arte de viver.

sai lágrima. entrei. ufs. agora vai. passei a catraca. mais 8 estações. uma baldeação. 1.200 metros. duas ladeiras. e estarei la.

lá. lá... grima merda tem um moço me olhando

SAI DE MIM DEIXA EU VIVER

65próxima estação: Sé. desembarque pelo lado esquerdo do trem.66

73ei moça! tá tudo bem?74

bosta. era o cara. o de lá(grima). que me encarava lá(grima).

*e apenas chacoalhando negativamente a cabeça soltei

f o d a s s e

lagrimalagrimalagrimalagrimalagralagrimalagrimalwbeus

e eu desabada no colo de um estranho desconhecido no centro da cidade

lágrima. infinita maldita

Be the first to like it!

Comments