LGBT

9 coisas que meninos gays gostariam que você soubesse

Author

A Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, a maior do mundo, está chegando. O tema de 2018 é “Poder pra LGBTI+" e é a primeira vez que a ONG que promove o evento inclui o I (Intersexo) e o sinal de mais (representando outras identidades) na sigla.

Murray Close / Netflix
Murray Close / Netflix

Essa é só mais uma maneira de mostrar que festa e militância combinam - e muito. É também um jeito de lembrar que sexualidade e gênero precisa ser discutido sem regras. E principalmente, sem preconceitos.

Nesse espírito, pedi que alguns amigos gays me contassem o que eles adorariam falar para quebrar ideias prévias formadas sobre eles. Recebi sugestões de seis deles, que agora divido aqui:

1 - Não frequento só lugares gays

Vou onde quero estar, onde meus amigos estão, e o gênero e a sexualidade das pessoas desses lugares não é critério de escolha.

2 - Não é por ser gay que sou malhado, fitness...

Ou só posto foto mostrando o abdômen. É tipo hétero: uns fazem, outros não.

3 - Também gosto de futebol e cerveja

E nem sempre curto divas pop...

4 - Gay não é só seu amigo divertido e engraçado

Também somos responsáveis, estudamos, trabalhamos e sofremos.

5 - Um ambiente “friendly” não precisa ser colorido e cheio de “drag queens”

Lugares amigáveis são aqueles que têm plena consciência de que basta tratar bem a todas as pessoas.

6 - Não costumo me vestir de mulher só por ser gay

São coisas diferentes e uma não depende da outra. Aliás, sabia que tem homem hétero que gosta de se vestir de mulher? O mundo é maravilhoso mesmo...

7 – Alguns de nós queremos ter filhos

Assim como os homens héteros.

8 – Não precisei “experimentar mulher” para descobrir que era gay

Alguns homens podem ter tido experiências com mulheres. Outros podem ter tido dificuldade para assumir a sexualidade para si. Mas não é uma questão de “tentar”.

9 – Não dou em cima dos meus amigos héteros

Sei respeitar, do jeito que espero respeito.