SAÚDE

Depois do Dr. Bumbum, novo caso de morte de paciente tem suspeita presa

Author

Depois do Dr. Bumbum, novo caso de morte de paciente tem suspeita presa

A morte da bancária Lilian Quezia Calixto durante um procedimento estético no que ficou conhecido como o caso do Dr. Bumbum levantou um alerta importante sobre procedimentos invasivos.

Com a notoriedade, mulheres tem feitos mais denúncias nos últimos dias sobre as condições de higiene e atendimento, além de mostrar procedimentos que não deram certo e geraram riscos a saúde.

Em meio a esta onda, uma nova falsa médica foi presa acusada de usar silicone industrial em seus procedimentos.

Após uma investigação, a polícia prendeu Mariana Batista de Miranda, suspeita de causar a morte de Fátima Santos de Oliveira, que aplicou silicone industrial nos glúteos e morreu de choque séptico.

Esse é o terceiro caso que ganha as manchetes em pouco tempo. Recentemente foi presa Patrícia Silva dos Santos, uma mulher que usava silicone industrial em procedimentos estéticos e mentia ser médica. Assim como o médico Denis Cesar Barros Furtado, ganhou fama com o apelido Paty Bumbum. Ela vai responder processo em liberdade.