MUNDO

Novo presidente do México corta próprio salário em 60%

Author

López Obrador anuncia austeridade - divulgação
López Obrador anuncia austeridade - divulgação

Recém-eleito, o próximo presidente do México, López Obrador, ainda nem tomou posse e já está dando o que falar.

Num anúncio que teve repercussão mundial, surpreendeu a todos e cortou o próprio salário. Obrador vai receber 108,248 mil pesos mexicanos por mês (algo como R$ 22 mil). Um salário desses, convenhamos, não está nada mal. Mas o que chama a atenção é que o valor é 60% menos do que recebe o atual presidente mexicano, Enrique Peña Nieto.

Segundo Obrador, a ideia é colaborar com medidas de austeridade que precisam ser tomadas no país. Ele ainda disse que tinha intenção de reduzir um pouco mais, porém bateu num piso previsto em constituição e outras mudanças serão mais lentas, uma vez que dependem da lei.

Claro que não tem como criticar uma ação dessas, que agrada a todos. Mas um outro anúncio foi feito pelo futuro presidente, e, esse sim, gerou burburinho. Além de seu próprio salário, o político que outras medidas de austeridade serão tomadas no governo, como redução de bônus no funcionalismo público.

E aí, será que a moda pega no Brasil?