DICAS

Férias e verão exigem cuidado redobrado com as crianças

Author

Confira uma lista para ajudar a proteger os pequenos e aproveitar o descanso com tranquilidade

Férias e verão exigem cuidado redobrado com as crianças

(Imagem: Pexels)

Férias escolares e recesso de fim de ano são uma ótima oportunidade para passar um tempo de qualidade com os filhos e aproveitar um descanso longe da cidade. Seja o destino praia ou campo, alguns cuidados básicos podem tornar o período mais confortável e seguro para seus pequenos. Confira algumas dicas:

1) Identificação

Em viagens para lugares mais movimentados, uma ótima dica é colocar nas crianças uma pulseirinha com fecho de pressão, como aquelas da maternidade, com o nome da criança e ao menos um número do celular que não sai de perto dos pais. Em meio a tumultos, perder os pequenos é um risco real e tudo acontece em um segundo. Na hora do desespero, mesmo crianças mais velhas que saibam o número de telefone dos pais podem ficar assustadas demais para lembrar e pedir ajuda a um adulto.

2) Cuidado com a chuva

Chuva de verão é quase um patrimônio do Brasil. Mas é preciso ter cuidado. Quando há raios, saia da praia na hora e ensine os pequenos que fechou o tempo, acabou a brincadeira. Quando não há raios, ainda pode haver algum risco. As áreas ao redor de piscinas, por exemplo, podem ficar ainda mais escorregadias que o normal. Não vale a pena arriscar.

3) Atenção ao protetor solar

Evitar exposição ao sol fora dos horários seguros (até as 10h ou após as 16h) é ainda a maneira mais eficiente de evitar queimaduras de pele ou problemas de saúde como insolação. Mas quando isso não é possível, o guarda-sol sozinho não dá conta do recado. Aplique e reaplique protetor solar nos pequenos e prefira os produtos específicos para crianças.

4) Óculos e boné

O cabelo das crianças é muito mais fininho do que o dos adultos e o uso do boné para proteger o couro cabeludo de queimaduras é ainda mais importante por isso. Também vale a pena procurar óculos escuros infantis para os dias de mais sol, pois eles têm olhos tão sensíveis quanto o dos adultos.

5) Repelente

No verão, a incidência de mosquitos aumenta. Pior ainda: vale para o aedes aegypti, transmissor da zika, dengue e chikungunya. Por isso o uso de repelentes é fundamental. A maior parte dos produtos é segura a partir dos seis meses, mas para os mais novinhos, vale consultar o pediatra.

6) Mar e piscina só com supervisão

Até em dias de maré baixa e piscina vazia, não é uma boa ideia deixar crianças mais novas entrarem sozinhas na água. Mesmo com todas as recomendações dadas, é importante acompanhar especialmente os mais novos. Considere também o uso de boias.

7) Alimentação

Sob o calor forte e com a rotina alterada é ainda mais importante cuidar da alimentação das crianças. Se o destino for a praia, evite alimentos vendidos na areia. Vale a pena investir em uma bolsa térmica para levar lanches caseiros saudáveis. Mas é claro: um sorvetinho ou outro não dá para recusar!

8) Hidratação

Muita água, suco e chás para os pequenos! O calor faz o corpo perder água mais rápido que o normal e o risco de desidratação aumenta. No caso de sucos e chás, de preferência para os naturais aos de caixinha ou sachê. 

E para os adultos, outras dicas podem ajudar a passar um verão tranquilo. Confira:

#verão #dicas #saúde #crianças #férias