FUTEBOL

Após fraturar o crânio em jogo, inglês abandona o futebol aos 26 anos

Author
Após fraturar o crânio em jogo, inglês abandona o futebol aos 26 anos

(Instagram / Ryan Mason)

Ryan Mason era uma boa promessa do futebol inglês, embora fosse um tanto quanto irregular. Revelado pelo Tottenham, ele teve passagens na base da seleção da Inglaterra e chegou a defender o time principal uma vez. Mas tudo mudou em janeiro de 2017.

Durante uma partida entre o Hull City, time defendido por Mason, e o então líder Chelsea, o meia disputou ma bola no alto com o zagueiro Gary Cahill. O choque foi tão violento que Mason ficou desacordado e seguiu para um hospital. E as más notícias seguiram.

Os médicos constataram que Ryan Mason sofreu um enomr trauma no crânio, que foi fraturado. Ele ficou oito dias internado e uma dúvida pairou sobre o seu futuro. Nesta terça-feira, o jogador anunciou a aposentadoria precoce do futebol, apenas com 26 anos. Ele foi aconselhado a não retomar a carreira e ficar sujeito a traumas.

A post shared by Ryan Mason (@ryan8mason) on

"Eu posso confirmar que seguindo conselho de um especialista médico, eu estou me aposentado do futebol profisional", disse Mason no comunicado.

Ele garantiu que tentou de todas as maneiras trabalhar de maneira que pudesse voltar ao campo e atuar como antes. Mas não foi possível. Durante o período internado, Mason teve a vida em risco em várias situações.

Até clubes rivais se solidarizaram com o jogador. No caso o Stoke City postou um gol sofrido quando Mason ainda atuava pelo Hull City.

Companheiro de Mason nos tempos de Tottenham, o astro Gareth Bale, do Real Madrid, desejou o melhor.

Fica o desejo de sorte a Ryan Mason no seu futuro.