ESPORTES

Demissão do técnico do Bayern envolveu até 'treino escondido' de jogadores

Author
Demissão do técnico do Bayern envolveu até 'treino escondido' de jogadores

(Twitter / Ancelotti)

Técnico extremamente vencedor, com passagens de sucesso por Milan e Real Madrid, Carlo Ancelotti acabou surpreendido com uma demissão do Bayern de Munique. O cartão vermelho da diretoria chegou logo após a derrota de 3 a 0 para o PSG de Neymar e companhia, em Paris, pela Champions League. Aos poucos, tudo fica mais claro sobre os motivos da dispensa do treinador.

Ancelotti sempre foi conhecido por dominar bem o vestiário, ou seja, ter boa relação com os jogadores. Mas ao que parece o dia a dia com os boleiros em Munique não era nem um pouco leve. De acordo com o jornal alemão Kicker, alguns atletas consideravam a carga de treinos muito baixa e por isso faziam atividades escondidas da comissão técnica, em outros locais da cidade alemã. Isso mesmo. Escondidos. 

Um dos mais descontentes com os treinos de Ancelotti seria o atacante holandês Robben. O jogador, segundo o Kicker, teria dito a companheiros que até os treinos de seu filho de nove anos, nas categorias de base do Bayern, eram mais exigentes do que os do técnico italiano. Ancelotti preferiu não se manifestar sobre os motivos de sua demissão e garantiu que voltará ao trabalho apenas na próxima temporada, após a Copa do Mundo de 2018. Climão.