ESPORTES

Ele saiu da aposentadoria e apareceu no gol para salvar o Bayern

Author
Ele saiu da aposentadoria e apareceu no gol para salvar o Bayern

(Twitter / Bayern de Munique)

O futebol sempre gera ótimas histórias de superação. Imprevistos acontecem, um jogador esquecido acaba se tornando heroi em algumas partidas. Nem que seja ali, por 90 minutinhos. Aconteceu na Alemanha, com o poderoso Bayern de Munique.

O clube bávaro sofre nesta temporada com uma maldição sobre os goleiros parecida com a que acometeu o Flamengo no Brasil. O titular, Manuel Neuer, goleiro da seleção alemã e considerado por muitos o melhor do mundo fraturou o pé esquerdo pela segunda vez. Então, o Bayern decidiu chamar de volta Tom Starke, goleiro de 36 anos que tinha se aposentado na última temporada e trabalhava nas categorias de base do clube.

Ele saiu da aposentadoria e apareceu no gol para salvar o Bayern

(Twitter / Bayern de Munique)

Ele topou ser a terceira opção, apenas por segurança. Mas o futebol...então o reserva imediato de Neuer, Christian Früchtl, também se lesionou. Starke subiu mais um degrau e virou o primeiro reserva do terceiro goleiro - chega a ser confuso, não? - Sven Ulreich. Parecia que a maldição no gol não passaria daí.

Até que neste fim de semana Ulreich estava aquecendo para encarar o Eintracht Frankfurt pela 15ª rodada fora de casa e...se machucou. Lá foi então Tom Starke, de aposentado a titular, defender o Bayern. Deu certo. Ele teve participações importantes que permitiram ao líder da Bundesliga ganhar de 1 a 0.

Starke foi tão em em campo que acabou eleito o melhor jogador da partida. E ganhou vários elogios dos companheiros e do técnico Jupp Heynckes. Que siga a sua fábula...