ESPORTES

Um gesto de um jogador destruiu a relação dele com a torcida do Botafogo

Author
Um gesto de um jogador destruiu a relação dele com a torcida do Botafogo

(Agif)

O 2017 do Botafogo caminhava lindamente. Clube com recursos financeiros limitados e com um time na conta do chá alcançando patamares inimagináveis. Era só alegria com o avanço na Libertadores, a doação da equipe. Então, futebol...

Tudo muda de repente. Após a eliminação no torneio sul-americano diante do Grêmio, o Botafogo manteve a pegada por algum tempo, mas depois começou a tropeçar. E as irritações surgiram. Antes exemplo de doação, o volante Bruno Silva já vinha às turras com a torcida nos últimos jogos. Até que explodiu.

Contra o lanterna Atlético-GO, o Botafogo foi derrotado em casa, por 2 a 1. Aí Bruno Silva foi substituído no segundo tempo. Informações dão conta de que ele tem acerto para ir ao Cruzeiro em 2018, mesmo com contrato válido com o Botafogo por mais alguns anos. Irritadiço ao deixar o campo, Bruno fez um gesto indicando que ele vai sair do clube.

Aí já era. Acabou o amor da torcida com o volante.

O negócio ficou sério. E o clima para Bruno Silva continuar no Botafogo está longe de ser dos melhores.

Até ex-companheiro cornetou a atitude do jogador.

Até que no dia seguinte, Bruno Silva decidiu fazer um mea culpa na sua conta no Instagram. E publicou um textão tentando aliviar a barra.

Um gesto de um jogador destruiu a relação dele com a torcida do Botafogo

A tentativa de mea culpa, no entanto, pode ter sido bem tardia. A diretoria do Botafogo cogita punir o volante e até afastá-lo do elenco no fim deste ano.